Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 20 de junho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/06/2019
PMMC JUNHO VERDE
PMMC UPA JUNDIAPEBA
PMMC AGASALHO
COLUNA

Padre Carmine

E-mail para contato: pecarmine@yahoo.com.br

Jovens do Alto Tietê no Encontro Mundial da Juventude com Papa Francisco

07 FEV 2019 - 22h59
Quarenta e oito jovens da Região do Alto Tietê, dos quais alguns foram acompanhados pelo Pe. Carmine e outros se juntaram ao Movimento Neo Catecumenal e ainda mais, cinco mil jovens do Brasil e trezentos mil jovens de outros países estiveram no Panamá para o Encontro Mundial da Juventude com Papa Francisco.
Jovens vindo de todos os continentes invadiram a Cidade do Panamá ensaiando nas manifestações culturais, artísticas e religiosas o que o coração e a fé foram ditando. Os peregrinos que se encontraram na cidade desde o 21 de janeiro, flutuaram nas avenidas e praças, após estarem ocupados nas manhãs com palestras, debates, cantos e celebrações. Percorrendo as ruas, as mãos dos jovens seguravam bandeiras, atabaques, violões, mochilas, mapas da cidade, lembranças, sorvetes e folders com a programação da Semana Mundial da Juventude.
Tudo para eles tornou-se especial: a Costeira do Oceano Pacífico, os arranha-céus construídos com uma arquitetura semelhante a da cidade de Dubai, o Canal do Panamá que une o Pacifico ao Atlântico, e sobretudo o encontro com Papa Francisco. Ele foi recebido na quinta feira 24 de janeiro. Sorrindo, acenava e cumprimentava a todos. Emocionado e feliz dirigiu à imensa multidão de peregrinos a sua primeira mensagem. Um friozinho mexeu com o coração de todos.
Na sexta feira, foi programada a celebração da Via Sacra presidida pelo Papa. A cada estação, meditando os mistérios dolorosos, todos os peregrinos puderam entender quanto grande foi o amor de Cristo em oferecer a sua vida pela causa da justiça e da redenção da humanidade.
Bem poderia a sociedade e a Igreja ver os jovens sempre assim, ocupando espaços e trilhando caminhos de vida, esperança e fé.
Nenhuma briga e violência, nem exército vigiando a cidade, ou grupos voltados ao que de pior pode ser feito em manifestações com a participação de uma grande massa de pessoas.
A Igreja estava presente querendo entender e atender o mundo juvenil, assegurando a eles a liberdade de espírito e a responsabilidade de lutar e recusar ser quintal e massa de manobra de políticas inescrupulosas e ambiciosas. No sábado 26 de janeiro o Papa Francisco falou de novo aos jovens durante a Vigília. As manchetes dos jornais seguiram o patrão comum de informar o mundo inteiro com títulos globais e ao mesmo tempo, as redes católicas do Brasil transmitiram todos os momentos durante os quais o Papa Francisco esteve com os jovens. Este grande evento, que se renova a casa três anos, mostra que os jovens, diante do império capitalista e consumista, diante do massacrante bombardeio da TV que os manipula com informações e transmissões cinzentas, sediciosas e “façanhosas”, querem reagir para o recupero dos valores sociais e religiosos.
Terminando a Semana Mundial da Juventude o Santo Padre deixou a Cidade do Panamá e voltou ao Vaticano. Os jovens voltaram a seus países, às suas casas e paróquias. A sociedade parece que não vai mudar, porém, nalgum lugar ou em muitos lugares haverá uma juventude tocada pela incomensurável experiência vivida na Cidade do Panamá.
BANNER APS DESKTOP
Império do Sabor
Império do Sabor 2
PMMC JUNHO VERDE
Espaço da Gula2

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias