Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 22 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/11/2017
mrv

Após expulsão, Neymar leva gancho da Conmebol e está fora da Copa América

20 JUN 2015 - 08h00

O atacante Neymar está fora da Copa América do Chile. Ele recebeu uma punição rigorosa e foi suspenso por quatro jogos na tarde de ontem, em Santiago, por sua expulsão na partida entre Brasil e Colômbia, realizada na última quarta-feira. O atacante do Barcelona ainda foi multado em US$ 10 mil (R$ 31 mil). No entanto, a CBF ainda vai tentar reverter a situação. A entidade vai entrar com recurso, pedindo a revisão da pena.

A pena de quatro jogos, segundo comunicado divulgado pela Conmebol, inclui a suspensão automática pelo segundo cartão amarelo. Portanto, o cartão vermelho que Neymar recebeu após o jogo lhe custou três jogos de gancho. A punição foi rígida porque o atacante ofendeu o árbitro da partida Enrique Osses, segundo a Conmebol.

A CBF terá até amanhã para fazer a apelação, mas deve agir o mais rapidamente possível. A apelação será analisada por uma única pessoa, o equatoriano Guillermo Saltos. Por ser uma competição rápida, ele está de plantão para decidir questões disciplinares da Copa América.

Porém, mesmo se obtiver sucesso, Neymar só poderia voltar a jogar numa eventual final. Isso porque na melhor das hipóteses a redução da pena seria de quatro para três partidas. Se o Brasil for eliminado antes que Neymar cumpra seus jogos de gancho, ele terá de cumprir a suspensão na próxima edição da Copa América e não nas Eliminatórias da Copa do Mundo, competição organizada pela Fifa.

O recurso da CBF será analisado pela Câmara de Apelações. O órgão da Conmebol, no entanto, tem histórico de manter as punições do Tribunal Disciplinar.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias