Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/11/2017
mrv

CBF vai testar jogos às 11 horas na primeira rodada do Brasileirão

02 MAI 2015 - 08h00

Duas semanas após tomar posse na presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero decidiu fazer uma experiência polêmica. A temporada de 2015 do Campeonato Brasileiro poderá ter jogos na hora do almoço de domingo, começando às 11 horas. A medida será testada na primeira rodada e pode valer para todo o torneio.

O primeiro jogo escolhido para começar às 11 horas será Grêmio x Ponte Preta, dia 10 de maio, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. A partida estava programada para começar às 18h30, também no domingo. "A ideia é que pelo menos uma partida de cada rodada seja realizada no domingo às 11 horas", explicou a CBF, em nota.

Neste ano, o Palmeiras fez dois jogos começando às 11 horas, com boa presença de público. No dia 15 de março, recebeu o XV de Piracicaba pela fase de classificação do Campeonato Paulista. Depois, pegou o Botafogo, também no Allianz Parque, no dia 12 de abril, pelas quartas de final. Nas duas ocasiões, entretanto, os jogos foram antecipados por conta dos protestos contra o governo, que ocorreram à tarde.

O Brasileirão de 2015 será a quinta edição do torneio com jogos às 21 horas de sábado. Na rodada de 6 de junho, entretanto, estão programados três partidas começando às 22 horas porque a seleção brasileira fará amistoso mais cedo.



BOLA

A CBF e a empresa Michelin anunciaram na última quinta-feira uma parceria na campanha "Juntos pela segurança no trânsito", de prevenção a acidentes que vitimam crianças nas estradas do mundo todo. Como apoio à iniciativa, uma bola temática será utilizada em todos os jogos da primeira rodada do Brasileirão, nos dias 9 e 10 de maio.

"Essa é a primeira ação da CBF de caráter social. Temos que usar o futebol, essa paixão nacional, como instrumento educacional", disse o secretário-geral da entidade, Walter Feldman. Além da bola estilizada, faixas e estandes nos estádios também serão instalados durante a competição nacional.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias