Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 22 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/11/2017
mrv

Dudu pode ser suspenso por 180 dias no Palmeiras após agredir árbitro

05 MAI 2015 - 08h00

A expulsão do atacante Dudu na decisão do Campeonato Paulista, no último domingo, pode custar caro ao time do Palmeiras. O jogador corre o risco de ser suspenso por até 180 dias e, praticamente, não atuar no Campeonato Brasileiro. O árbitro Guilherme Ceretta de Lima relatou na súmula do jogo que Dudu o empurrou e proferiu xingamentos.

Segundo o procurador do TJD, Antonio Meccia, o caso ainda será analisado e Dudu, indo a julgamento, pode ser incluído no artigo 254-A, que diz: "Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente".

"Primeiro precisa ser feita uma denúncia e ela será examinada. Eu não tive a oportunidade de ver o lance, por isso não dá para saber exatamente se houve agressão", explicou.

Como no caso de Dudu o ato foi contra o árbitro, a pena seria embasada no parágrafo 3 - "se a ação for praticada contra árbitros, assistentes ou demais membros de equipe de arbitragem, a pena mínima será de suspensão por cento e oitenta dias".

Se condenado por dias de suspensão, Dudu terá de cumprir já no Brasileirão. No caso de pegar 180 dias, só teria condições de voltar aos gramados nas últimas rodadas do campeonato (entre a 34ª e 35ª rodada). Entretanto, existe a possibilidade da punição ser em jogos. Assim, a pena seria de quatro a 12 partidas e ela só seria cumprida no Paulistão do ano que vem.

A suspensão de 180 dias seria o pior cenário possível, mas dificilmente Dudu deve ser condenado por um tempo tão grande. Geralmente, o jogador recebe uma pena pesada, o clube recorre e a punição é revertida para poucos jogos ou multa. Pelo menos é o que a diretoria do Palmeiras acredita nos bastidores.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias