Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 20 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2017
mrv

Lance Livre

12 JUL 2015 - 08h00

Projetos de saneamento básico

O Estado de São Paulo e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) firmaram contrato para o financiamento de projetos inéditos sobre água de reúso e esgoto. O Alto Tietê deve ser beneficiado.

Projetos e pesquisas

São projetos e pesquisas que vão trazer bons avanços para a área tecnológica e para o saneamento básico de São Paulo.

Sabesp

Ao todo são quatro trabalhos e todos serão desenvolvidos pela Sabesp. Há projetos sobre o aumento da produção de água de reúso para a Grande São Paulo, o uso da casca de coco para eliminar o mau cheiro do esgoto, superaquecimento para transformar o lodo do esgoto em asfalto e uso da luz solar para secar o lodo de esgoto.

PSDB e as eleições

O deputado estadual Pedro Tobias, eleito presidente estadual do PSDB de São Paulo, terá papel fundamental nas eleições de 2016.

Visitas às cidades

Ele fará visitas às cidades, cujos prefeitos são do partido. O prefeito de Suzano, Paulo Tokuzumi (PSDB), deve ser um dos políticos tucanos da região a receber uma visita de Tobias.

Lançamento de Alckmin

Em junho, em convenção realizada na Assembleia Legislativa, Tobias lançou Alckmin à presidência da República. O resultado da eleição interna consolida o poder do governador no partido.

Evitando polêmica

Depois de um racha no diretório municipal do PSDB paulistano, Alckmin agiu para evitar polêmicas na escolha do diretório estadual e montou uma direção executiva mais próxima do Palácio dos Bandeirantes.

PMDB

O discurso separatista cada vez mais forte do PMDB nacional já começa a apresentar reflexos no mapa eleitoral que se desenha nas cidades para 2016. Em Suzano, o partido é “parceiro” do PSDB e deve se manter assim até 2016.

Ao lado do PT?

Se em 2012 o PMDB marchou ao lado do PT em oito capitais no 1º turno, esse número deve cair ao menos 50% no próximo ano. Levantamento do Jornal O Estado de S. Paulo em todas as 26 capitais brasileiras mostra que a tendência é de que haja aliança em quatro delas. Em 15, PT e PMDB devem ficar em lados opostos. A situação é indefinida em sete capitais.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias