Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 11 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2017
mrv

Comerciante é baleado em tentativa de roubo

11 AGO 2015 - 08h00
Um comerciante, de 20 anos, foi baleado durante uma tentativa de assalto, em Suzano. O crime aconteceu na madrugada de ontem. A Polícia Militar (PM) tentou levantar mais detalhes sobre o crime, mas a vítima não pôde fornecê-las por conta dos ferimentos no rosto, que o impossibilitaram de falar. A Polícia Civil iniciou as investigações para descobrir o local da tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte).

A Prefeitura de Suzano informou que a vítima permanece internada na Santa Casa, e o estado de saúde é considerado gravíssimo.

Após ser atingido pelos disparos, o comerciante conseguiu dirigir até a casa da namorada, no Miguel Badra, e pedir ajuda. Ele teria informado que assaltantes atiraram durante uma tentativa de assalto, mas o local não foi especificado pela vítima.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estancava os ferimentos do rapaz, para transferi-lo ao Pronto-Socorro (PS) Municipal, quando os policiais militares chegaram. O comerciante apenas conseguiu informar a tentativa de roubo, mas não conseguiu especificar o local e as características dos suspeitos, devido ao grave ferimento no rosto.

Após ser encaminhado ao PS Municipal, a PM fez uma breve verificação no carro da vítima, mas não encontrou vestígio de disparo e, provavelmente, o carro deverá ser levado ao Instituto de Criminalística (IC) de Mogi das Cruzes a fim de que sejam feitas as análises específicas. A polícia fez rondas na região, mas não encontrou nenhuma testemunha que pudesse ter presenciado o crime.

Em nota, a assessoria da Secretária de Saúde informou que a vítima apresenta quatro ferimentos a bala, sendo que existem projéteis alojados pelo corpo. Ainda segundo a pasta, o rapaz está na sala de emergência para fazer exames que o mantenham estabilizado para, depois, ser transferido à Unidade de Terapia Intensiva (UTI), pois o estado de saúde é considerado gravíssimo.

A Polícia Civil abriu inquérito e analisa imagens de câmeras próximas ao local para tentar identificar os autores do crime.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias