Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/11/2017
mrv

Biblioteca Itinerante tem início em Ferraz

28 MAR 2015 - 08h01

 Começou a funcionar ontem a Biblioteca Itinerante em Ferraz, por meio da Secretaria Municipal de Educação, com o objetivo de incentivar a leitura por parte do público infantil. O projeto é um complemento do LeMa - Leitura e Magia, programa já em andamento na cidade. A iniciativa permite que os alunos tenham acesso a um acervo especial de dois mil livros, incluindo os voltados ao público infantil e os de cunho pedagógico.

Ao todo, seis unidades escolares de Ferraz serão contempladas com a ação, atendendo, assim, três mil alunos. São elas: Escolas Municipais de Ensino Infantil e Fundamental (Emeifs) José Sebastião, localizada no Cambiri, e Sylvia da Silveira de Martini, da Vila Santa Margarida, assim como as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) Antonio Bernardino Corrêa, da Vila Corrêa, Prefeito Helmuth Hans Hermann Louis Baxmann, que funciona no Parque São Francisco, Luciano Poletti, do Jardim São Luiz, e Doutor Alfredo Fróes Neto, da Vila Santo Antônio.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Denize Ribeiro, a intenção é levar a Biblioteca Itinerante para outros espaços públicos. “Este projeto é muito interessante, pois estimula a apreciação de obras literárias, com direito ao manuseio de dois mil livros, em cada uma das seis instituição contempladas. Nas escolas, tendas são instaladas em locais abertos, abrigando duas mesas para serem utilizadas pelos alunos do Ensino Fundamental e uma destinada ao público do Ensino Infantil. A proposta é que esta estrutura abrigue os estudantes, de forma que consigam efetuar a leitura devidamente”, complementa a gestora.

Ontem, o prefeito Acir Filló (PSDB) visitou uma instituição de ensino que já conta com a Biblioteca Itinerante. “Em média, 45% dos brasileiros leem até quatro livros por ano, ou seja, um livro a cada três meses. Já na França, são 15 livros por ano. Em Ferraz, nossa meta é bater o número estipulado para o nosso País pelo Instituto Pró-Livro. Por este motivo, estamos investindo numa grande variedade de obras nos espaços, incluindo muitos títulos voltados ao público infanto-juvenil”, especifica o prefeito.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias