Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quarta 16 de junho de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/06/2021
EDP SEGURANÇA
Brainer Ocupacional
GrupoIndy

Caio Cunha reconhece foto adulterada com ministro e promete providências

Prefeito de Mogi esteve em Brasília esta semana em busca de verbas; foto publicada sofreu alteração da assessoria

Por Daniel Marques - de Suzano06 MAI 2021 - 23h00
Imagem acima mostra foto editada pela assessoria do prefeito Caio Cunha; ao fundo foto de paisagem, onde deveria estar a de BolsonaroFoto: Reprodução/Redes sociais
O prefeito de Mogi, Caio Cunha (Podemos), se desculpou pelas redes sociais por causa da publicação de foto adulterada com o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto. A foto foi tirada esta semana após reunião em Brasília. O chefe do poder Executivo afirmou que vai tomar medidas.
 
“Durante minha viagem à Brasília, minha equipe de comunicação (equipe particular, que cuida das minhas redes sociais) cometeu um erro, adulterando a foto que tiramos na reunião com o ministro @gilsonmachadoneto. Por motivos aos quais não valem a pena debater nem justificar, o erro foi cometido sem o meu conhecimento, pois em Brasília não tive o tempo hábil para validar as postagens, como sempre costumo fazer. Mesmo assim, isso não ameniza o fato de que esse erro foi cometido nas minhas redes sociais, levando o meu nome e que, por isso, jamais me furtaria de assumir essa responsabilidade pelo equívoco”, declarou Cunha.
 
Ele continuou o post pedindo desculpas. “Tenho consciência que, como representante de Mogi das Cruzes e com a responsabilidade que me é dada, devo desculpas ao Ministério (do Turismo), ao governo federal, na pessoa do presidente @jairmessiasbolsonaro e aos profissionais que porventura tenham se sentido constrangidos por esse ato de total inabilidade institucional provocado pela minha equipe”, disse o prefeito de Mogi. A mudança causou revolta em internautas que seguem o ministro na rede social. Eles criticaram os responsáveis pela alteração.
 
O caso
 
O ministro Gilson Machado fez uma publicação na tarde de ontem (6), em sua conta no Instagram, mostrando a foto original e a foto alterada. Na imagem que Neto diz ser a original, aparece ele, o prefeito mogiano e outras autoridades em uma sala, em Brasília. Ao fundo, na parede, tem um quadro com a imagem do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro não utilizava máscara.
 
Já na imagem de baixo no post (a que o ministro diz que foi alterada), a foto de Bolsonaro no quadro ao fundo é substituída por uma paisagem. 
 
Além das mudanças no quadro, na foto original, o ministro aparece sem máscara. Na alterada, todos os membros da foto estão com a proteção no rosto.
 
“Nesta semana tivemos um episódio lamentável de manipulação de uma foto após uma reunião. A minha assessoria de comunicação disponibilizou a foto e o prefeito @sejacaiocunha simplesmente apagou a foto do presidente @jairmessiasbolsonaro. Isso é inadmissível!”, reclamou o ministro.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias