Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 27 de maio de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2020
PMMC RETOMADA
DIARIO DE SUZANO SOLIDÁRIO
Pandemia

Poá confirma 1ª morte por coronavírus; região registra 131 pessoas infectadas

Em um dia, número de confirmações cresceu em 16 casos; maior crescimento foi em Itaquá e Ferraz que registram cinco novos infectados

Por Fernando Barreto - da Região07 ABR 2020 - 17h42
Número de casos confirmados salta 26,22% na regiãoFoto: Agência Brasil

ATUALIZADO ÀS 18H30

Poá confirmou a primeira morte de um paciente por coronavírus. A vítima era idosa, de 61 anos, que morreu em um hospital privado de Mogi das Cruzes. Devido a residência dela ser em Poá, o número consta na cidade.

Entre os casos positivos, em apenas um dia, 16 novos casos de Covid-19 na região foram registrados. No Alto Tietê são 131 infectados pelo novo vírus - até o levantamento dessa segunda-feira (06) eram 115. Além dos casos positivos, 1840 pacientes estão com suspeitos da doença e outras oito vitimas fatais do vírus são registradas. 

Ferraz de Vasconcelos e Itaquaquecetuba registraram o maior aumento de infectados. Foram cinco novos casos em cada cidade. Agora, as cidades chegam a 23 e 26 casos confirmados, respectivamente.

Além de Itaquá e Ferraz, os outros casos positivos são de Arujá (13), Biritiba-Mirim (1), Mogi das Cruzes (52), Poá (4), Santa Isabel (1) e Suzano (11).

Guararema e Salesópolis são as únicas cidades sem casos confirmados.

Entre os casos de morte em decorrência do vírus os casos são registrados em Arujá (1), Mogi das Cruzes (5), Poá (1) e Suzano (2).

Segundo o Ministério da Saúde, abril será um dos piores meses da pandemia no País.

Casos suspeitos

Entre os casos suspeitos, a região soma 1.840 pessoas com sintomas do vírus (até essa segunda eram 1.734). Desse total, 560 esperam por exames médicos por apresentarem sintomas mais graves. Conforme recomendação do Ministério da Saúde, apenas pacientes mais graves e profissionais da Saúde devem fazer os exames.

Em número de casos suspeitos, Itaquá ainda lidera, conforme os últimos levantamentos. São 509 pacientes monitorados na cidade, sendo que 155 apresentam sintomas graves e esperam por exames (até segunda eram 150).

Em Mogi e Suzano, além das mortes e casos confirmados, as cidades registram também 391 (até segunda eram 361) e 207 (o mesmo número dessa segunda) pacientes com suspeita do vírus, respectivamente. Em Mogi, 110 pessoas esperam por exames médicos e em Suzano 112.

Ferraz de Vasconcelos aparece com 324 casos suspeitos, sendo 39 pacientes com sintomas mais graves. Até segunda a cidade tinha 306 suspeitos do vírus.

Arujá vem na sequência, com 129 suspeitos, onde 16 esperam por exames. Até segunda a cidade tinha 126 possíveis infectados. Foi resgatado na semana passada no município mais de 200 mil unidades de máscaras cirúrgicas, que foram distribuidas pelas cidades da região nessa segunda.

Poá, além da primeira morte registrada, aparece com 131 casos suspeitos onde 94 são casos mais graves e aguardam por exames (na segunda eram 88 com sintomas mais graves). Em Santa Isabel, que até a semana passada apresentava número semelhantes a de Poá, conseguiu estabilizar os casos. A cidade conta 93 pacientes suspeitos (dez a mais do que segunda), onde 27 esperam por exames.

Biritiba-Mirim, Guararema e Salesópolis são as cidades com menores número de casos. São 16, 9 e 31 casos suspeitos, respectivamente.

Em Biritiba, do total, 7 são pacientes com sintomas leves (não há casos graves), oito caso foi descartado e outro confirmado.
 
Em Guararema, dos nove casos, seis apresentam sintomas mais graves e aguardam exames médicos. Três já foram descartados. Uma morte na cidade é suspeita de ser em decorrência do vírus.
 
Em Salesópolis um paciente apresenta sintomas mais graves e 16 foram descartados.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias