Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 22 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/11/2017
mrv

Pontos de táxi serão remanejados em Ferraz

08 JUL 2015 - 08h00

Mais de 50 taxistas que operam em Ferraz de Vasconcelos foram recebidos ontem pelo prefeito Acir Filló (PSDB), no anfiteatro do Palácio da Uva Itália (Rua Pedro Foschini, 200, Vila Romanópolis). O objetivo do encontro foi de informar a categoria sobre as novas obras viárias, bem como falar sobre os remanejamentos e regularização de pontos de taxi.

Acompanhando o prefeito de Ferraz, o secretário municipal Transporte e Mobilidade Urbana, Flávio Batista de Souza, o Inha, também participou da reunião que teve início às 9h30. Separado por dois momentos, o encontro iniciou com explicações sobre os avanços na mobilidade urbana, seguido por explanações sobre as alterações dos pontos.

"Com a inauguração da nova estação de trens da cidade, prestes a acontecer, faremos alterações em dois dos oito pontos de táxi da cidade. Um que é fixo da Praça da Independência e outro da Praça da Bíblia vão ser remanejados e, posteriormente, realocados. Com as tratativas, esta reunião serviu para entender melhor o que os taxistas necessitam, bem como o desenvolvimento de trabalhos para regularização de pontos", disse Inha.

Na oportunidade, os quase 60 taxistas puderam entender um pouco mais sobre o Corredor Metropolitano, que vai ligar Ferraz a Arujá, passando, ainda, por Poá e Itaquaquecetuba, além da construção das alças de acesso ao Rodoanel Mário Covas (SP-21), próximo à região do Cambiri. Segundo o prefeito, a obra vai beneficiar mais de 2,4 milhões de habitantes das cidades de Ferraz, Suzano e os bairros paulistanos da Zona Leste, como por exemplo, Cidade Tiradentes, Guaianases e Itaim Paulista. "A obra consiste em um complexo composto por duas pistas, sendo uma em cada sentido, com duas faixas de rolamento cada, com aproximadamente 2,4 quilômetros de extensão, seis viadutos e um quilômetro de vias marginais".

O prefeito também explicou que com a nova estação e com a construção da Faculdade de Tecnologia (Fatec), Ferraz vai se desenvolver. "Nós estamos trabalhando para Ferraz avançar. Todas estas mudanças trarão benefícios para cidade e, também, para esta classe. Temos que visar em avanços na estrutura de Ferraz, não somente em reparos de ruas, iluminação e outros. Nosso plano é reconstruir a cidade, fazer com que este município deixe de ser ilhado e passe a crescer cada vez mais".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias