Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quarta 21 de abril de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/04/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Quality Admistração de Condomínios
CHECK UP - PÓS COVID
Cazarini

À espera de novas doses, cidades interrompem ou reduzem vacinação

Cidades vivem expectativa pelo recebimento de novas doses para retomar primeira aplicação

Por Matheus Cruz - de Suzano08 ABR 2021 - 05h00
Vacinação segue em ritmo lento por conta da falta de vacinas nas cidades da regiãoFoto: Wanderley Costa/Secop Suzano
Com falta de vacinas, as cidades da região reduziram ou interromperam a imunização contra a Covid-19.
 
As cidades de Suzano e Mogi das Cruzes, por exemplo, suspenderam a aplicação de primeira dose da vacina de combate à Covid-19. Nas duas cidades, apenas a segunda dose segue ocorrendo. De acordo com a Secretaria de Saúde de Suzano, foram recebidas 1.820 doses para pessoas com 68 anos. Destas, 1.441 idosos desta faixa etária foram vacinados na última sexta-feira (2), último dia em que a cidade aplicou primeira dose. Atualmente, a vacinação em idosos acamados segue ocorrendo ao longo da semana, a partir do cadastramento dos mesmos nos postos de saúde próximos às suas residências.
 
Segundo a pasta, 2.470 novas doses da CoronaVac serão recebidas nesta quinta-feira (8) para educadores que se enquadram nos critérios do governo do Estado (maiores de 47 anos) e 3.890 para segunda aplicação em idosos de 72, 73 e 74 anos. 
 
Em Mogi das Cruzes, cidade que mais vacinou até o momento, a campanha de imunização para a primeira dose também está momentaneamente paralisada. Atualmente, Mogi está aplicando apenas segunda dose e aguardando a chegada de novas remessas para reiniciar a vacinação em primeira aplicação. 
 
De acordo com a Prefeitura, o Governo do Estado deve enviar novas remessas ainda nessa semana. Na cidade, estima-se que o publico com faixa etária entre 65 a 69 anos seja de 15.936 pessoas. 
 
Até o momento, foram imunizadas 4.874 pessoas. No entanto, a liberação da dose está para o público com 68 anos ou mais (ainda não para menos).
 
Em Ferraz, a campanha de imunização segue ocorrendo tanto para aplicações de primeira como de segunda dose. 
 
De acordo com a Secretaria de Saúde de Ferraz de Vasconcelos, até esta terça-feira (6) a cidade contava com o estoque de 3.498 vacinas. 
 
Os imunizantes estão sendo destinados a pessoas com 68 anos ou mais. 
 
No município, 7.767 pessoas com 68 anos ou mais já foram vacinadas, o que equivale a 80,99% da meta, sendo que o objetivo é imunizar 9.589 pessoas.
 
Da mesma forma, em Poá a vacinação segue ocorrendo para primeira e segunda aplicação. 
 
Porém, caso haja atrasos na entrega de vacinas, a Secretaria de Saúde do município acredita que haverá comprometimento e paralisação. A previsão é que novas doses cheguem nesta quinta-feira (8), às 8h30. 
 
Em Itaquaqueceutuba, o município começou a aplicar 3.740 doses em idosos de 68 anos (primeira dose) e idosos de 75 e 76 anos (segunda dose) na segunda-feira, em 22 pontos da cidade. Neste momento a imunização ocorre normalmente. 
 
Segundo informe técnico, Itaquaquecetuba receberá mais 5.630 doses também nesta quinta-feira, destinadas a profissionais da Educação com 47 anos ou mais (serão 2.100 doses) e a segunda dose para idosos de 72 a 74 anos (3.530 doses).
 
Em Salesópolis também não houve paralisação de vacinação de primeira dose. A Prefeitura aguarda uma nova remessa para continuar a vacinação do grupo de 68 anos ou mais. Até o momento, 77 doses foram aplicadas em pessoas desta faixa etária no município.
 
Até o fechamento desta reportagem, as demais cidades do Alto Tietê não retornaram o contato feito pelo DS.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias