Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv

Alto Tietê vai receber R$ 2 bi em investimentos, garante Kassab

08 MAR 2015 - 08h01

O Ministério das Cidades vai investir R$ 2 bilhões nos municípios do Alto Tietê. A informação foi confirmada pelo ministro Gilberto Kassab (PSD), que se reuniu ontem com os prefeitos que compõem o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), em Mogi das Cruzes.



Foram convidados para a reunião extraordinárias todos os prefeitos do consórcio. Cada um deles teve cerca de 15 minutos com o ministro para apresentar as demandas da cidade. O encontro foi a portas fechadas. Os prefeitos devem se reunir novamente com Kassab em 60 dias, em Brasília.



“Temos um investimento muito grande no Ministério das Cidades em quase todas as cidades da região que abrange o Condemat. Para que você tenha uma ideia da importância que o ministério dá para a região, nós temos uma carteira de investimentos definidos que ultrapassam R$ 1 bilhão, dá quase R$ 2 bilhões. E a nossa disposição é seguir adiante com todos os projetos, todos os investimentos e estar estabelecendo, a partir dessa reunião, uma nova carteira de investimento”, afirmou Kassab.



O ministro afirmou que a pasta quer ampliação no número de contemplados no programa Minha Casa, Minha Vida do governo federal e que espera, até o fim de 2018, mais de 6,7 milhões de unidades entregues à população da região. “Nossa ideia é construir milhares de casas até o término do governo. Já entregamos mais de dois milhões de casas”, afirmou. Ele destacou que os prefeitos deverão apresentar ao longo dos próximos meses projetos para que outras famílias não beneficiadas sejam contempladas até o fim do mandato deste governo



MOGI DAS CRUZES



Marco Bertaiolli (PSD), prefeito de Mogi das Cruzes, fez dois pedidos ao ministro. Um deles foi a liberação dos recursos para a obras de passagem subterrânea Sacadura Cabral.



FERRAZ DE VASCONCELOS



As 188 unidades habitacionais que estão inacabadas na Vila São Paulo podem finalmente ser concluídas. Este foi um dos pedidos do prefeito, Acir Filó (PSDB), a Kassab. Filó também pediu uma atenção maior ao município que, segundo ele, é o “para-choque” do Alto Tietê. “Solicitamos o emprenho do ministério para que resolvamos isso juntos. Ele já se colocou à disposição e ligou para a pessoa responsável no ministério e nos convidou para ir a Brasília na semana que vem. Pedimos a ele que nos ajude também com a infraestrutura do município”, explicou.



POÁ



O déficit de habitações no município de Poá foi uma das questões levantadas pelo prefeito Marcos Borges (PPS). Ele apresentou um projeto para a construção de cinco mil novas moradias. Borges também pediu verbas para a construção de um novo viaduto na cidade e destacou que o trânsito é um dos prejudicados por conta de apenas uma acesso à cidade. “Pedimos o auxilio dele para que nos ajude nas tramitações dentro do Ministério dos Transporte e no Departamento de nacional de Infra estrutura de Transporte (DNIT), para que possamos construir um segundo viaduto. Hoje, nós temos só um viaduto que faz a ligação entre a parte de baixo com a de cima da cidade. Qualquer acidente que acontece ali, para e trava totalmente a cidade.



O projeto está orçado em R$ 60 milhões.



ITAQUAQUECETUBA



Para Itaquaquecetuba, o prefeito Mamoru Nakashima (PTN) pediu auxílio para obras de infraestrutura, pavimentação asfáltica, sinalização viária e cobertura de pontos de ônibus.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias