Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/11/2017
mrv

Artesp vai fazer levantamento de desapropriações para novo acesso

30 MAI 2015 - 08h00

A Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) vai fazer um levantamento de quantas desapropriações serão necessárias para a implantação da nova alça de acesso que vai ligar a Estrada dos Fernandes ao Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21). Esta é uma das etapas que precisa ser feita antes que a autorização para o início das obras seja dada à SPMar, concessionária responsável pela construção e administração da via na região. As informações foram confirmadas pela assessoria de imprensa do órgão estadual.

Além das desapropriações, a Artesp precisa incluir a alça de acesso no contrato entre o Estado e a SPMar já que o projeto não estava previsto na proposta inicial. Outro requisito necessário, antes do início das obras, é a requisição de licenças ambientais para a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). A previsão é de que a autorização para o início das obras seja dada ainda no segundo semestre deste ano. Os serviços deverão ter a duração de 18 meses, ou seja, a conclusão do acesso deve acontecer somente em 2017.

O projeto terá o investimento de R$ 160 milhões. A obra consiste em um complexo composto por duas pistas (uma em cada sentido) com duas faixas de rolamento cada, com cerca de 2,4 quilômetros de extensão, seis viadutos e um quilômetro de vias marginais. Dois desses viadutos serão feitos no entroncamento com o Rodoanel (na altura do km 104, em Suzano, próximo à divisa com Ribeirão Pires), assim como a marginal, dois viadutos erguidos para transpor a Estrada do Moreira e dois na Estrada dos Fernandes.



PEDÁGIO

A cobrança do pedágio no Trecho Leste deve acontecer somente após a conclusão das obras. A previsão do Estado é que o trecho até a Rodovia Ayrton Senna (SP-70), em Itaquaquecetuba, seja concluído até julho. Após a entrega de toda a via pela SPMar, ainda é necessária autorização da Artesp para iniciar a cobrança.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias