segunda 15 de julho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/07/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Assistência Social oferece capacitação a funcionários sobre direitos do público LGBTQIAPN+

Curso de 16 horas abordou temas relacionadas aos crimes de ódio, combate à discriminação cultural, entre outros

28 junho 2024 - 18h00Por De Suzano

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social promoveu entre segunda e quarta-feira desta semana (24 e 26/06) uma capacitação para 53 funcionários da pasta sobre direitos do público LGBTQIAPN+. O curso teve duração de 16 horas e foi realizado na “Sala de Promoção da Diversidade Mestre Quim”, que foi inaugurada em 18 de maio deste ano, nas dependências do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Boa Vista (avenida Katsutoshi Naito, 955 - Sesc).

A formação abordou conceitos relacionados aos movimentos sociais, às entidades sociais nos serviços de convivência e ao fortalecimento de vínculos; assim como garantiu esclarecimentos sobre acesso ao Cadastro Único e à Vigilância Socioassistencial. Na oportunidade, também foram reforçadas informações sobre crimes de ódio; combate à discriminação cultural e institucional; inclusão no mercado de trabalho; legislação nacional e internacional; casos emblemáticos; acesso à Justiça; e empreendedorismo LGBTQIAPN+.

Além destes temas, ainda fizeram parte da programação os assuntos referentes à desconstrução de estereótipos; com apresentação de detalhes relativos à história e evolução dos movimentos LGBTQIAPN+. Na atividade, foi explicado o procedimento para atuação dos funcionários nas circunstâncias em que for necessário ser dada garantia às proteções Básica e Especial da política de Assistência Social, com atualização sobre procedimentos relativos aos instrumentais técnicos e registro de dados sobre o atendimento da população LGBTQIAPN + no município de Suzano.

Participaram do curso trabalhadores das unidades do Cras Boa Vista, Casa Branca, Centro, Gardênia Azul e Palmeiras, assim como colaboradores do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), na região central, e do Cadastro Único de Suzano. A turma foi composta por profissionais de diferentes formações, incluindo assistentes sociais, psicólogos, educadores sociais, entrevistadores sociais do Cadastro Único e auxiliares administrativos, sendo conduzida pelo professor e assistente social Thiago Aranha, que é mestre e doutorando em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP).

O secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Geraldo Garippo, reforçou que a sala da diversidade foi idealizada justamente para essa finalidade e que outras atividades serão organizadas visando à garantia dos direitos do público LGBTQIAPN+. “Queremos preparar nossa equipe para acolher da maneira mais adequada todos os públicos que buscarem os serviços proporcionados pela pasta. Temos um espaço dedicado a esse tipo de formação e demais atividades serão organizadas no momento oportuno, para discutirmos políticas públicas que possam contemplar as demandas dos munícipes”, declarou.

Deixe seu Comentário

Leia Também