Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/11/2017
mrv

Campanha de combate à dengue terá reforço dos atiradores de Guerra

15 ABR 2015 - 08h01

A campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, ganhará reforço com a participação dos atiradores do Tiro de Guerra (TG) na conscientização da população. Durante visita da prefeita interina e dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), Viviane Galvão (DEM), realizada ontem na primeira aula de instalação de insulfilm foi solicitada a contribuição dos atiradores na visitação a domicílio. As visitas começarão, na próxima quarta-feira, na Casa Branca.

Conforme noticiado pelo DS anteriormente, os atiradores do TG fariam a conscientização ao mesmo tempo em que realizariam a coleta de doações para a Campanha do Agasalho 2015. De acordo com Viviane, a iniciativa terá mais eficácia se for desenvolvida em horário diferente da segunda ação. Assim, os atiradores farão a retirada dos agasalhos no período matinal e a entrega de panfletos e visitação das casas à tarde.

"São iniciativas diferentes que merecem medidas diferentes. Na Campanha do Agasalho os atiradores devem arrecadar as doações; no combate à dengue, eles precisam orientar as pessoas sobre ações preventivas, além de pedirem para vistoriar as casas, em conjunto com a equipe de Saúde, para procurar possíveis focos do mosquito", explica Viviane.

A Campanha de Combate à Dengue teve início em 24 de março. Para intensificar o combate e prevenção da doença, a Prefeitura tem distribuído panfletos e feito a visitação em casas com suspeita de proliferação da larva. Para evitar a criação do mosquito é preciso eliminar água acumulada em baldes e plantas. Em caso de economia de água de chuva em tonéis, a Vigilância Sanitária destaca a importância de tapar o recipiente. Além disso, os munícipes devem utilizar cloro, detergente ou sabão em pó para lavar o quintal, substâncias que impedem a sobrevivência das larvas.



CURSO

O assunto foi discutido durante o início do curso de instalador de insulfilm para 25 atiradores. A iniciativa faz parte de parceria do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social por meio do projeto Gerando Renda, do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Os atiradores devem participar ainda, no primeiro semestre, de aulas técnicas de formação em jardinagem e instalação de som automotivo. Todas as capacitações fornecem certificado.

O curso terá carga horária de 12 horas e será realizado até 5 de maio, às terças e quintas-feiras, das 9 às 11 horas. "A procura pelo curso de insulfilm foi grande e iremos abrir uma nova turma na sequência para atender outros atiradores e ex-atiradores", diz Viviane. A entrega dos certificados está prevista para agosto. Além disso, o curso de jardinagem também será oferecido para a população em geral.

De acordo com a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Leonice Ramos Ferreira, o objetivo da pasta é descentralizar os cursos e levar oportunidades à população. "São iniciativas que ajudam na inserção tanto do mercado de trabalho formal, quanto no informal. Além disso, no final do curso, um palestrante do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) irá ministrar uma aula sobre empreendedorismo e elaboração de currículo", adianta.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias