Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 16 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 15/12/2018
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO

Campanha de Vacinação contra Poliomielite começa no sábado

11 AGO 2015 - 23h47
A Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação começa neste sábado. A meta da Secretaria de Saúde de Suzano é atender 90% das mais de 20 mil crianças da cidade na faixa etária dos 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias. A campanha vai até o dia 31.

Os pais precisam ficar atentos às diferentes faixas etárias que precisarão ser imunizadas. As crianças a partir de 6 meses completos até 5 anos incompletos vão tomar uma dose da vacina contra a poliomielite, que são as famosas duas gotinhas. Neste sábado, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) permanecerão abertas das 8 às 17 horas.

Postos volantes

Além disso, alguns postos volantes serão espalhados por Suzano para atender a demanda como os principais supermercados, shopping e praças. Em dias de semana, as unidades ficam abertas das 7 às 17 horas. Os pais deverão levar a carteirinha de vacinação da criança, para o acompanhamento das vacinas.

Meta no País

A meta do governo é vacinar 12 milhões de crianças contra a doença em todo País. Esta também é uma oportunidade de os pais atualizarem o calendário vacinal das crianças de até cinco anos com outras vacinas que estão vencendo ou em atraso. “Temos que adaptar a campanha à realidade da população brasileira, que vive em condições muito diferentes. Precisamos garantir que a vacina chegue de forma muito segura e ágil para as populações ribeirinhas, indígenas, nos assentamentos rurais, quilombolas, nas periferias das grandes cidades”, disse o ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante o lançamento da campanha ocorrido hoje.

Poliomielite

A poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, é uma doença provocada por vírus que afeta o sistema nervoso e pode levar à paralisia irreversível dos membros. Atualmente, segundo o Ministério da Saúde, o Brasil está livre da doença, mas a vacinação é fundamental para manter o vírus fora do País. Faz 26 anos que o Brasil não tem casos de paralisia infantil. Mesmo assim, segundo a Organização Mundial da Saúde, nove países registraram casos da doença nos últimos dois anos. Em três países, Nigéria, Paquistão e Afeganistão, a poliomielite é endêmica.
 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias