Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/11/2017
mrv

Casos de homicídios caem 7% nas cidades da região, aponta SSP

28 JUL 2015 - 08h01

O registro de assassinatos na região tiveram uma queda de 7% no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 93 registros de homicídios dolosos em 2015. No ano passado foram 100 casos. Quatro cidades apresentaram aumento no índice. Os dados foram divulgados ontem pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e fazem parte das estatísticas mensais de criminalidade.

Guararema teve o maior aumento no número de casos, com um percentual de 300%. A cidade não havia registrado casos no ano passado e neste ano contabilizou 13 assassinatos. O segundo maior aumento na região foi em Arujá. O município passou de três homicídios, no ano passado, para dez, neste ano. Um aumento de 233,33%. Salesópolis e Suzano também registraram crescimento no número de casos, sendo que o município suzanense teve um aumento de 13,33%, com 15 homicídios no primeiro semestre do ano passado e 17 no mesmo período deste ano.

Biritiba Mirim foi a única cidade do Alto Tietê que manteve estável o número, com dois casos em cada ano.

As outras cidades tiveram queda no número de casos, sendo que o melhor desempenho foi de Santa Isabel. O município, que havia registrado cinco assassinatos nos seis primeiro meses de 2014, não contabilizou homicídios neste ano.



MOGI

Mogi das Cruzes também teve uma melhora neste tipo de crime, apesar das chacinas e dos assassinatos seguidos registrados entre novembro do ano passado e este mês. Foram seis casos. Somente neste ano, três chacinas foram registradas.

A cidade apresentou uma queda de 8,82% no número de homicídios, com 34 registros nos seis primeiros meses do ano passado e 31 neste ano. O município ainda conseguiu zerar o número de assassinatos em junho deste ano. Porém, em julho, uma chacina foi registrada com três mortes. Os dados deste mês serão divulgados somente em 25 de agosto.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias