Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 06 de abril de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 03/04/2020
Pmmc Covid Abril
SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE -  CORONAVIRUS

Castigada pela chuva, Estrada do Caulim passa por manutenção hoje

Serviço, mesmo sendo considerado paliativo, se faz necessário em razão das chuvas fortes que atingiram o município

Por Felipe Silva - de Suzano23 JAN 2020 - 22h00
Estrada do Caulim: falta de manutenção preocupa populaçãoFoto: Divulgação
A Prefeitura de Suzano informou ontem que acompanha de perto a situação da rua Avelino Mariano Pena (estrada do Caulim), no Parque Cerejeiras. O serviço de manutenção (nivelamento e cascalhamento) está programado para hoje, no trecho dois (a via é longa, com mais de três quilômetros de extensão), segundo informações da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos. Este serviço, mesmo sendo considerado paliativo, se faz necessário em razão das chuvas fortes que atingiram o município nas últimas semanas. Segundo a Prefeitura, a manutenção de hoje só não terá início apenas se houver dificuldades com o clima.
 
Além disso, a equipe técnica da pasta já realizou o levantamento de dados para elaboração do projeto para a recuperação definitiva da via. Este levantamento apontou a necessidade de implantar um novo sistema de drenagem em um trecho onde foi identificado que não há escoamento das águas pluviais. Assim, o material utilizado na manutenção da via acaba sendo deteriorado pelas águas. Aproximadamente 300 metros de galerias serão implantados ao longo da extensão da via.
 
A próxima etapa é o estudo de viabilidade orçamentária - caso o parecer seja positivo, a implantação da infraestrutura inicial (guia, sarjeta e drenagem) deve ser iniciada em breve, para que se possa implantar a pavimentação definitiva posteriormente. 
 
A estrada do Caulim enfrenta sérios problemas há anos. Sofrendo com falta de asfaltamento, acostamento e sinalização, além dos buracos que se encontram por toda estrada, os moradores da área reclamam do quão difícil é se locomover por essa área. 
 
Na tarde de quarta-feira (23) um ônibus que transitava pela estrada do Caulim acabou ficando preso em um buraco, atrapalhando o andamento da via. A estrada só é asfaltada até a linha do trem, depois disso apenas pequenos trechos isolados são encontrados asfalto.
 
A sinalização é algo que se encontra em falta na estrada, com o mato alto invadindo as ruas, as placas vão ficando escondidas. A reportagem do DS encontrou entre o mato uma placa que sinalizava um ponto de ônibus. A placa ficava na beira da estrada, trazendo perigo para os usuários que esperam o ônibus, pois os carros passam grudados com o acostamento e assim podem acabar atingindo os pedestres.
 
Wellington é comerciante na área e residente da região. Ele comentou as dificuldades de se morar ali. "Além de ser horrível para trafegar com o carro, quando chove nessa área alaga tudo, a água chega a bater no joelho. Perdemos vários itens da casa", diz.
 
O laminador João Silva Pereira, 50, reclama da dificuldade dos ônibus em acessar o local. "Os ônibus demoram para passar por aqui e já presenciei diversos que quebraram por conta das condições da estrada, só tem buracos", ressaltou.
 
Sheila é moradora da área há anos, e fez reclamações sobre como é difícil de se locomover e ter acesso na estrada. "É horrível, os motoristas de aplicativo não querem entrar na estrada por medo de quebrar o carro. As ruas paralelas são concertadas, mas a nossa não", lamenta. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias