Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 13 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2017
mrv

Comerciantes pedem segurança em áreas atingidas por assaltos

11 JUN 2015 - 08h01

Em apenas um dia, dois estabelecimentos comerciais de Suzano foram alvos de assalto. Ambos ocorreram na terça-feira, um na parte da manhã e outro pela noite. Por conta das ocorrências comerciantes do bairro Jardim Imperador, local em que ocorreu o primeiro assalto, pedem mais segurança e fiscalização no local, afirmando que os roubos são frequentes. A segunda ocorrência foi uma tentativa de assalto que aconteceu em um mercadinho localizado na Vila Fátima (veja matéria no caderno de Polícia).

"A segurança é bem precária. É muito comum ocorrer roubos por aqui. Presto serviço em uma cozinha industrial do bairro, onde a maioria dos funcionários são mulheres e pelo menos 20 delas já foram assaltadas na saída do trabalho", disse o mecânico de manutenção Luis Faneco, que trabalha em uma oficina no Jardim Imperador.

Outro funcionário da oficina ressaltou que já foi assaltado no local e que a situação piora quando chega a noite, principalmente depois das 18 horas. "Eu já fui roubado em frente à estação de trem no horário em que tem mais pessoas na rua, entre as 18 e 19 horas. Mesmo o bairro sendo próximo ao Batalhão policial, não vemos muito patrulhamento", disse Bruno de Souza.

O DS falou também com o dono do bar que sofreu o assalto na manhã da última terça-feira. O comerciante José Peixoto da Silva, o Zé do Monte, mesmo já atuando no local há cerca de 10 anos e sendo esta a primeira vez que foi assaltado, ressalta que o medo é constante. "Temos que ter cautela quando vamos entrar ou sair. Olhar sempre ao redor para ver se está seguro. Dizem que aqui é uma região privilegiada, mas não acho. Falta segurança, falta tudo", disse.

Durante o roubo, dois indivíduos agrediram o comerciante com socos no rosto e com uma faca que o feriu, superficialmente, na cabeça. A ação dos bandidos ocorreu quando ele abria o estabelecimento, por volta das 7 horas. "Eles já chegaram batendo. Um tinha uma faca e o outro uma arma, que para minha sorte era de brinquedo", disse.

POLÍCIA MILITAR

O comandante interino do 32º Batalhão da Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) de Suzano, major José Carlos Brandão, informou que devido as ações ocorridas, a corporação intensificará o policiamento com as Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) e a Força Tática, tanto no bairro Jardim Imperador quanto na Vila Fátima.

A Polícia Militar ressaltou ainda a importância de registrar o crime através do Boletim de Ocorrência (B.O). Destacou também a utilização do Disque-Denúncia por meio do telefone 181. O denunciante não precisa se identeificar. "Com base nas notificações, nos Boletins de Ocorrências e nas informações da mídia, a polícia pode mapear as áreas mais sujeitas a esses crimes e assim intensificar nossas ações", disse o major.

ACE

O presidente da Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Suzano, Neder Romanos ressaltou que a instituição sempre está em contato com a PM, que nunca deixou de atender as solicitações. Disse ainda que visitará, nos próximos dias, os estabelecimentos que sofreram a ação criminosa. "Estamos abertos a sugestões. Vamos trabalhar em conjunto para que essas ações diminuam, principalmente durante os dias mais críticos, que são aqueles próximos as datas de pagamento", disse.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias