Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 13 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2017
mrv

DER analisa documentos. Obras da Marginal do Una seguem sem data

17 JUN 2015 - 08h01

Os documentos que compõem a licitação que definirá a data de início das obras da Avenida Governador Mario Covas Junior, a Marginal do Una, ainda estão em análise pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Segundo o órgão estadual, a data de retomada das intervenções de finalização do viário, que promete desafogar o trânsito na região central da cidade, só poderá ser estimada após conclusão do processo licitatório.

Conforme divulgado anteriormente pelo DS, o prazo de execução dos serviços é de 18 meses. Os investimentos estaduais estão orçados em R$ 75 milhões e incluem a canalização de toda a extensão do rio. A finalização das obras da Marginal do Una é aguardada há vários anos pela população.

Em janeiro deste ano, o prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB) e o deputado estadual Estevam Galvão (DEM) se reuniram com o secretário estadual de Transporte e Logística, Duarte Nogueira, para cobrar o início das obras de reconstrução do viário, mas até o momento os pedidos não tiveram retorno.

Ontem o DS esteve no local, à pista sentido a Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31) ainda está bloqueada para o trânsito na altura da Rua Francisco de Paula Souza Rosas. Na direção oposta, sentido a Rua Dr. Prudente de Moraes (SP-66), o motorista pode seguir viagem normalmente. Também é possível identificar mato alto e alguns entulhos no entorno do Rio.



PROJETO

A obra prevê além da revitalização de toda a parte viária, a canalização do Rio. O pavimento deverá receber um reforço asfáltico para aguentar o tráfego intenso, inclusive de caminhões. O processo licitatório, conforme publicado anteriormente foi aberto em outubro do ano passado e deveria ter sido concluído em até 120 dias. Sobre o atraso na conclusão da concorrência, o DER não se pronunciou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias