Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 11 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2019
COLÉGIO PLENITUDE
Evatânia Psicopedagoga

Educadores passam por capacitação sobre leitura e meio ambiente no Viveiro Municipal

Oficina ‘Natureza Educadora’ foi realizada pelo Instituto Ecofuturo e pela Secretaria de Educação para 35 professores como etapa do projeto Biblioteca Comunitária

Por de Suzano20 NOV 2019 - 08h36
Oficina “Natureza Educadora”, além de ser a última etapa do processo de preparação para a inauguração do espaço, serviu como base para novas abordagens entre professores e alunos, voltadas tanto para estimular a ler quanto para integrar a comunidade escolFoto: Wanderley Costa/Secop Suzano

A Secretaria de Educação de Suzano promoveu nesta terça-feira (19) uma oficina de capacitação para 35 profissionais da pasta no Viveiro Municipal Tomoe Uemura, anexo ao Parque Max Feffer, no Jardim Imperador. A ação ocorreu em parceria com o Instituto Ecofuturo e foi voltada para o estímulo à leitura e integração do meio ambiente às discussões dentro e fora de sala de aula. 

Os participantes eram, principalmente, educadores da Escola Municipal Professora Therezinha Pereira Lima Muzzel, do Jardim São José. A iniciativa vem sendo trabalhada entre o município, a entidade e a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil desde março deste ano, por meio do projeto Biblioteca Comunitária, que tem como meta viabilizar um espaço com mais de mil títulos entre acervo literário e audiovisual para a comunidade local. 

A oficina “Natureza Educadora”, além de ser a última etapa do processo de preparação para a inauguração do espaço, serviu como base para novas abordagens entre professores e alunos, voltadas tanto para estimular a ler quanto para integrar a comunidade escolar a temas relacionados ao meio ambiente e à preservação dos recursos naturais. Em outras ocasiões, foram realizadas atividades para capacitar auxiliares de biblioteca e promover leitura, gestão e sustentabilidade. 

Segundo Vanessa Espíndola, representante do Instituto Ecofuturo, todo o procedimento contou com amplo apoio das autoridades locais, para a concessão de profissionais e de espaço. “O acolhimento foi importante para a viabilidade do projeto, uma vez que a Prefeitura de Suzano sempre está buscando a melhoria da qualidade da Educação e a implantação de iniciativas que estimulem a leitura”, explicou. 

Para Mirian Rosiris Mendes, professora da Escola Municipal Adélia de Lima Franco, do Jardim Amazonas, em Palmeiras, tanto o conteúdo programático quanto a escolha do Viveiro Municipal para a capacitação foram positivos. “A troca de ideias em um local como este, para o tema voltado às questões ambientais, representa uma quebra de paradigmas e uma oportunidade fundamental para todos”, disse.

Segundo o secretário de Educação de Suzano, Leandro Bassini, o trabalho conjunto entre o Poder Público e o Instituto Ecofuturo irá gerar frutos muito importantes para as próximas gerações. “É um trabalho em duas vias. Não apenas com o estímulo do prazer da leitura e a importância da educação ambiental, mas também com a continuidade e a integração desse projeto aos hábitos da comunidade escolar. Assim, se forma um círculo virtuoso em que todos saem beneficiados”, destacou 

A previsão é de que a Biblioteca Comunitária que está sendo implantada na escola municipal do Jardim São José seja inaugurada até o final do primeiro trimestre de 2020. 

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias