Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/11/2017
mrv

Inauguração da Delegacia da Mulher de Suzano é adiada e segue sem data

06 AGO 2015 - 08h00
A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em Suzano segue sem data oficial para ser inaugurada. Inicialmente o evento de inauguração seria no dia 15 de agosto, em seguida foi antecipado para hoje, mas a data precisou ser cancelada devido à incompatibilidade com a agenda do governador Geraldo Alckimin (PSDB). Um novo dia para a abertura da unidade ainda será definida pela Delegacia Seccional.

Mesmo com a dificuldade de achar uma data, a expectativa é que os atendimentos da DDM se iniciem ainda neste mês. Segundo a delegada titular da unidade, Silmara Marcelino, a inauguração deverá ser confirmada ainda na próxima semana. Dentre os serviços que precisavam ser concluídos na delegacia, está o sistema de intranet já foi instalado e o mobiliário já chegou ao local.

A inauguração de hoje não pôde ser realizada porque o governador participará de um evento no Palácio dos Bandeirantes, que comemorará justamente os 30 anos de implantação da primeira delegacia especializada para a mulher, que ocorreu em 6 de agosto de 1985 na cidade de São Paulo durante o governo de Franco Motoro.

Suzano será a segunda cidade do Alto Tietê a ter uma delegacia especializada no combate e prevenção à violência contra a mulher na região. A outra unidade está localizada em Mogi da Cruzes.

A DDM de Suzano será formada por cerca de 14 pessoas e os atendimentos serão realizado, exclusivamente, por mulheres. A delegada Silmara será a titular da unidade, mas também continuará atendendo como delegada assistente no Distrito Policial (DP) de Poá.

A expectativa é que as mulheres se sintam mais seguras para fazer as denúncias e que os atendimentos aumentem com a implantação do equipamento especializado.

O local ainda abrigará a Sala Rosa, um espaço que oferece atendimento psicológico e jurídico a mulher vítima de violência. Anteriormente, os serviços eram feito no Distrito Policial (DP) Central. A presidente da Comissão da Mulher Advogada (CMA), Maria Margarida Mesquita será a responsável pela Sala Rosa.

A Delegacia da Mulher de Suzano funcionará em um imóvel localizado na Rua Presidente Nereu Ramos, 302, no Jardim Santa Helena.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias