Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2017
mrv

Professores terão capacitação em projeto que altera grade curricular de rede de ensino

08 MAI 2015 - 08h01

O professores de Suzano terão capacitação. O assunto, além do incremento na grade curricular foi debatido ontem em reunião do prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB), que recebeu em seu gabinete o novo diretor do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae), Sérgio Ricardo Gromik, e os membros João Carlos Loureiro Gomes e Cristiane Bento de Souza. O encontro foi marcado pelo anúncio de um novo projeto que terá como foco a rede municipal de ensino.

Com isso, Suzano terá fixado em sua grade curricular, a partir do próximo ano, o curso "Jovens Empreendedores Primeiros Passos", que incentiva a quebra de paradigmas e o desenvolvimento de habilidades e comportamentos empreendedores nos alunos do Ensino Fundamental. O curso procura apresentar práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender e o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários para a gerência da própria vida (pessoal, profissional e social).

De acordo com o prefeito, essa parceria é extremamente importante para a cidade e reforçará ainda mais o projeto da atual administração em fortalecer o corpo pedagógico e a grade curricular dos alunos. "O suzanense possui um potencial empreendedor. Esse projeto de jovens empreendedores renderá inúmeros frutos no futuro, uma vez que o fundamento que será passado os tornarão diferenciados. Ninguém melhor que uma criança para dar asas a própria imaginação quando descobre algo novo. Por isso, a escola deve garantir uma educação que estimule a criatividade e o pensamento crítico. Devemos incentivar os alunos a sonhar e a ter vontade de realizar os seus sonhos. O ensino de empreendedorismo coloca o aluno como protagonista e integrante do processo educacional. Empreendedorismo na escola é um convite para uma mudança cultural", comentou Tokuzumi.

A reunião que contou com a presença dos secretários Rafael Garcia (Desenvolvimento Econômico) e Valdir Sabiá (Comunicação Institucional) articulou os métodos de implantação e execução desse projeto. Neste ano, ficará a cargo da Secretaria de Educação iniciar os trabalhos junto ao corpo pedagógico para a capacitação dos professores. "É um curso simples de 45 horas e com aulas presenciais. Tenho certeza que dessa reunião teremos grandes resultados para a educação suzanense", complementou Gromik.

JEPP

Ao considerar que o empreendedorismo pode ser aprendido e ensinado, o JEPP incentiva o protagonismo juvenil e a iniciativa futura na busca de possibilidades de inserção no mercado de trabalho, por meio de uma postura empreendedora ou da criação de negócios próprios.

Para tanto, os professores participam de uma capacitação que aborda as principais questões teóricas e metodológicas do curso. Além disso, conhecem a estrutura e conteúdo dos livros de cada um dos nove anos do Ensino Fundamental que aplicarão junto aos alunos. Na capacitação, os professores começam a perceber que muito do comportamento empreendedor já faz parte do seu cotidiano.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias