Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Terça 21 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2017
mrv

Morte de universitária choca Suzano. Polícia Civil investiga um suspeito

02 JUN 2015 - 08h01

O Departamento de Homicídios de Mogi das Cruzes está investigando a morte da universitária Camila Beraldo Talarico, de 25 anos. Ela e o namorado, de 26 anos, que foi baleado na cabeça, foram sequestrados, em Itaquaquecetuba. A morte causou grande comoção entre os suzanenses. Camila foi enterrada, na manhã de ontem, em Mogi das Cruzes. O namorado permanece internado na Santa Casa de Misericórdia de Suzano e está com a bala alojada no crânio.

O delegado do Setor de Homicídios, Luiz Roberto Biló, afirmou que o departamento está investigando detalhes, no local do crime desde o último domingo, que possam desvendar o caso. “Estamos no local do fato e desde ontem (domingo) estamos levantando informações para concluir o caso”.

Os detalhes do ocorrido foram contados pelo namorado de Camila ainda no local onde eles foram baleados. Ele prestou depoimento informal no hospital. “Nós conversamos com ele ontem (domingo) informalmente. Ele está sedado. Deve passar por cirurgia então está meio confuso. Hoje (ontem) falamos com ele de novo". Billó afirmou que o jovem será ouvido mais vezes, assim como outros familiares. “Vamos ouvir outras pessoas, mas ainda é cedo para detalharmos quais são as pessoas que vamos falar”. Inicialmente, a polícia trabalha com diversas linhas de investigação, entre elas, de homicídio e de latrocínio (roubo seguido de morte).



CRIME

O crime aconteceu no domingo, por volta das 7h40. O jovem explicou para os policiais que ele e Camila faziam entrega de pães, quando foram abordados em uma rotatória no Centro de Itaquaquecetuba. Três homens os levaram até uma favela. Segundo o Boletim de Ocorrência (B.O.), os criminosos conversaram com traficantes no local. Após isso, o casal foi levado até a Estrada Antonio Jorge, no bairro Cidade Edson, em Suzano, onde foram baleados dentro do carro em que estavam, uma Fiorino. Os suspeitos fugiram do local.

O casal foi atingido na cabeça. De acordo com o B.O., quando os policiais chegaram ao local foi constatado que ela não tinha mais pulsação. Mesmo assim ela foi resgatada pelos Bombeiros e levada para a Santa Casa de Suzano, onde foi constato o óbito. Já o namorado estava ferido, atordoado, mas consciente. Ele foi socorrido pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu) e levado para a mesma unidade de saúde, onde permanece internado.

A polícia afirmou ainda que há indícios de que os suspeitos tentaram incendiar o interior da Fiorino, em que o casal estava. Isso porque o banco do motorista tinha sinais de incêndio. A tampa do compartimento do combustível foi arrancada e jogada atrás do banco. No bocal de entrada foi colocado um pedaço de tecido, provavelmente com a intenção de incendiar o carro.

Uma testemunha ouvida pela polícia afirmou que ouviu um barulho de algo batendo no portão de sua casa e invadindo o imóvel, que estava com a porta aberta. Segundo ela, um homem entrou em seu veículo Fiat Strada e quando tentou sair, bateu no portão. A testemunha perguntou sobre o que o homem queria e ele afirmou que precisava socorrer a namorada baleada.

Técnicos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local para realizar perícia. Foram recolhidos uma blusa, um cartucho deflagrado e material residuográfico das mãos do namorado de Camila. O Fiat Strada e o portão da testemunha também foram periciados.



ENTERRO

Camila foi enterrada, na manhã de ontem, no Cemitério São Salvador, em Mogi, sob forte comoção de amigos e familiares. A imprensa não pode acompanhar o cortejo.



ESTADO DE SAÚDE

A Prefeitura de Suzano informou que o estado de saúde do jovem é regular. Ele chegou a ir para o Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi, para fazer avaliação neurológica e retornou para a Santa Casa, onde permanece internado.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias