Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/11/2017
mrv

Região perde 857 postos de trabalho em um mês, apontam dados do Caged

20 JUN 2015 - 08h00

As dez cidades do Alto Tietê perderam 857 postos de trabalho com carteira assinada no mês de maio deste ano. Dados divulgados ontem pelo Ministério do Trabalho e Emprego, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, mostram um cenário negativo no mercado de trabalho regional. Somente Arujá registrou saldo positivo, com a geração de 169 postos de trabalho.

Suzano teve uma perda de 64 empregos em maio e ocupou a 270ª colocação no ranking estadual. A cidade caiu 156 colocações em comparação ao ano passado, quando estava em 114º lugar no ranking. Na ocasião, o município havia criado 46 postos de trabalho.

A cidade com pior cenário na região é Poá, com 306 postos de trabalho perdidos. O município ficou na 342ª colocação no ranking estadual. Santa Isabel também teve um desempenho ruim com a perda de 234 empregos.

Além de Arujá, Salesópolis e Guararema tiveram o melhor desempenho regional, mas mesmo assim mantiveram saldo negativo (veja tabela ao lado).



NACIONAL

No País, esta foi uma das piores gerações de emprego para maio nos últimos anos. Os dados mostram também que, mesmo com 8.265.546 de admissões no ano, o mercado formal brasileiro acumulou uma perda de 243.9 mil vagas em 2015, saldo das 8.509.494 demissões no mesmo período.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias