Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 20 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2017
mrv

Suzano economiza mais de R$ 424,8 mil

02 JUL 2015 - 08h01

Os resultados da Operação Caça Vazamentos e das ações de conscientização da Prefeitura para conter o desperdício de água nas escolas da rede municipal continuam superando expectativas. A Secretaria de Educação divulgou ontem novo balanço do projeto, que revelou uma economia de 15.680 m³ de água no primeiro semestre, em comparação com o mesmo período do ano passado. Com isso, os cofres públicos pouparam R$ 424.802,58.

O programa, que consiste no conserto de vazamentos e na instalação de reservatórios para a captação da água da chuva para reúso, foi implantado em 2013. O secretário-adjunto de Educação, Claudinei Galo, explica que a operação começa pela análise das contas de água, que é feita pela pasta. A equipe do Caça Vazamento trabalha a partir dos dados de consumo de cada unidade. Ou seja, sempre que há discrepâncias, a equipe vai até a escola para averiguar possíveis vazamentos.

Depois de resolver os problemas detectados, a pasta solicitou que as contas fossem revisadas pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), que fez as devidas deduções. Com isso, os R$ 66.303,40 que seriam pagos inicialmente baixaram para R$ 32.222,75, uma economia de R$ 34.080,65. "Temos que destacar a participação dos alunos, que passaram por diversas atividades de conscientização e têm contribuído bastante no combate ao desperdício de água para a redução do consumo". Para se ter ideia da eficiência do programa, dos R$ 424.802,58 economizados no primeiro semestre de 2015, R$ 204.316,00 se refere apenas à Operação Caça Vazamento.

No ano passado, a cidade registrou uma redução no consumo de água de 9,666 m³ em escolas da rede municipal, o equivalente ao abastecimento de 461 casas, durante um mês (considerando uma família de seis pessoas, com a média de consumo diário de 700 litros de água). O volume refletiu em uma economia anual de R$ 227, 623 mil. E em 2013, a redução foi de 11.348 m³, em relação ao ano anterior, o que resultou em uma economia de R$ 214 mil à prefeitura.

Em sala de aula, o tema também é tratado constantemente, com orientações dos professores sobre o consumo responsável da água e como evitar o desperdício. "Os alunos recebem orientações sobre o consumo responsável desse importante recurso natural, inclusive em casa. Estamos muito orgulhosos, pois nossa cidade está dando exemplo de gestão e responsabilidade social", comentou o prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB).

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias