Envie seu vídeo(11) 4745-6900
domingo 17 de outubro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 17/10/2021
MAGAZINE CAZARINI
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Cidades

Suzano fará reparos em rua no Rio Abaixo

Bairro também sofre com falta d’água

Por Thiago Caetano - de Suzano25 SET 2021 - 17h00
Suzano fará reparos em rua no Rio AbaixoFoto: Regiane Bento/DS
A Prefeitura de Suzano fará reparos na Rua Gesni Gusmão dos Santos, no Rio Abaixo, em Suzano. O serviço está programado para acontecer na primeira semana de outubro. Além disso, uma equipe da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos vai até o local para avaliar a iluminação pública da localidade. A via não é pavimentada e, segundo moradores, não é iluminada. O bairro também sofre com falta d’água.
 
Ana Paula trabalha em um bar, logo após o cruzamento com a Estrada do Furuyama. Quando falta água no estabelecimento, a saída é pegar a bebida de um poço para evitar. “Quando não desce água. Pegamos água do poço para evitar estragar os produtos”, disse.
Ela conta que a situação da rua foi pior. “Melhorou se comparado a antes. Mas continua ruim. Quando chove fica cheia de barro”. 
 
A vendedora Kawany Thifany também confirmou a falta d’água e que o problema é frequente. Ela também criticou o estado da rua e a falta de iluminação. “É muito buraco. Perigoso alguém tropeçar e cair por conta da falta de iluminação. A falta d’água é constante. Talvez pela quantidade de moradores. Vivemos desse jeito”, criticou.
 
A comerciante Silvana dos Santos Rocha é uma das pessoas atingidas pelo problema. Até a manhã desta sexta-feira (24), não havia água em seu estabelecimento. “Acontece direto. É uma confusão grande”, disse.
 
Segundo ela, a iluminação é praticamente inexistente. Por conta disso, ela teme pela segurança. Motoristas de aplicativos evitam acessar o local, de acordo com Silvana. “Não tem luz na rua. Colocaram os postes, mas não tem luz. Motoristas de aplicativos dificilmente acessam aqui. Só cancelam”, afirma.
 
Segundo Flávio Gomes, que trabalha no mesmo estabelecimento, somente a iluminação das casas clareia a rua. “Estamos precisando muito de iluminação. Não fosse a iluminação das casas, seria totalmente escura”.
 
Caminhões costumam acessar a via. Quando passam, levantam poeira que incomoda Santos. A situação piora em dias chuvosos. “Passa caminhão na rua e a poeira sobre. É horrível. Quando chove fica mais difícil ainda”, finalizou.
 
Sabesp
 
A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou que a localidade não possui rede de água da companhia. As ligações da via pertencem ao Programa Água Legal. De acordo com a companhia, as obras estão em processo de licitação para contratação. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias