Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv

Suzano sobe 14 posições no ranking estadual de melhor gestão financeira

20 JUN 2015 - 08h00

Suzano subiu 14 posições no ranking estadual de melhor gestão financeira. Os dados do Índice Firjan, divulgado pelo Sistema da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), apontam que a cidade está na 179ª colocação - com um índice de 0,5779 -, sendo que na publicação feita no ano passado, a cidade estava na 193ª colocação - com um índice de 0,6305.

Apesar de o índice de Suzano ter caído de um ano para o outro, Suzano subiu no ranking porque outros municípios apresentaram maior queda. Nos dados divulgados neste ano, a cidade ficou na 1.013ª colocação nacional.

Os dados divulgados neste ano têm como base o ano de 2013. Para calcular o índice são considerados alguns fatores, como receita própria, gastos com pessoal, investimentos, liquidez e custo da dívida. O levantamento faz um rankeamento independente para cada índice.

O melhor desempenho da cidade foi no índice de gastos pessoal do qual representa quanto o município gasta com pagamento de funcionários. Neste quesito, a cidade ocupou o 69º lugar no ranking estadual, ficando à frente de Mogi das Cruzes, que ocupou a 70ª colocação.

Já no índice de receita própria, que mede o total de receitas geradas pelo município, em relação ao total da receita corrente líquida, a cidade teve o segundo melhor desempenho, ficando na 109ª colocação no ranking estadual.

No índice de liquidez, do qual, verifica se as prefeituras estão deixando em caixa recursos suficientes para honrar suas obrigações de curto prazo, a cidade ficou no 118º lugar no Estado.

Com relação ao índice de investimento, que acompanha o total de investimento em serviços como ruas pavimentadas e iluminação pública, a cidade ocupou a 374ª colocação.

A pior classificação de Suzano em relação ao ranking estadual ficou com relação ao índice de custo dívida, do qual a cidade ficou na 480ª colocação. Este quesito avalia a relação as despesas de juros e amortizações, em relação ao total das receitas líquidas reais.



REGIÃO

Na região, o melhor desempenho é de Guararema, que possui a quarta melhor gestão financeira do Estado, seguida de Mogi das Cruzes (veja tabela ao lado). As piores colocações entre as cidades da região ficaram para Biritiba Mirim e Itaquaquecetuba. O levantamento não apresentou dados de Poá.



ESTUDO

A 3ª edição do índice avaliou a situação fiscal de 5.243 municípios brasileiros, sendo 629 de São Paulo, onde vive 98,6% da população paulista. As cidades que não apresentaram informações ou estavam com dados inconsistentes não foram avaliadas. O objetivo do estudo é avaliar a qualidade da gestão fiscal dos municípios brasileiros e fornecer informações que auxiliem os gestores públicos na decisão de alocação dos recursos.

O índice varia de 0 a 1. Quanto maior a pontuação, melhor a situação fiscal do município. Cada um deles é classificado com conceitos A (Gestão de Excelência, com resultados superiores a 0,8 ponto), B (Boa Gestão, entre 0,6 e 0,8 ponto), C (Gestão em Dificuldade, entre 0,4 e 0,6 ponto) ou D (Gestão Crítica, inferiores a 0,4 ponto).

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias