Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 25 de agosto de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/08/2019
PMMC - TRATA BRASIL
CENTERPLEX 22/08 A 28/08
COLUNA

Lorena Burger

Advogada

E como abusam no trânsito

29 ABR 2019 - 23h59
Basta um olhar mais atento para os veículos que passam por nós, enquanto aguardamos o semáforo abrir para os pedestres que percebemos quantas irregularidades cometem os motoristas enquanto conduzem seus veículos...
O celular é utilizado seja para ler mensagens enquanto estão parados no cruzamento como para fazer e receber ligações, sem nenhum temor de ser autuado por algum fiscal de trânsito que por ali se encontre. È certo que depois reclamam quando recebem as notificações, afirmando categoricamente que "jamais" usa celular enquanto dirigem e que deve estar sendo perseguido por algum policial ou agente de trânsito...
Não usar o cinto de segurança também é normal, porque incomoda, segundo esses motoristas, mas quando autuados alegam que o vidro do carro é escuro, que fica impossível ver o cinto com os vidros fechados e, são tantas as desculpas esfarrapadas que só nos resta sorrir, afinal nenhum argumento nosso os convencerá do contrário.
Excesso de velocidade seja nas estradas como nas vias urbanas é bastante comum, ninguém se preocupa com a possibilidade de ocorrer um acidente, que muitas vezes pode ceifar a vida de pessoas que fazem parte da família e que queremos bem... Pudemos observar isso no feriado passado, onde numa mesma estrada, em quilômetros diferentes, veículos se chocaram de maneira violenta causando mortes de famílias inteiras.
Nas estradas vemos com frequência motoristas de caminhões que parecem sonolentos ao volante, seus veículos ora estão no acostamento, ora na pista contrária e para quem está atrás deles é uma completa insegurança, porque o temor de que algo aconteça e atinja seu veículo é grande.
O sono e o uso de remédios para que se mantenham acordados se transforma num perigo real para esses motoristas que ganham seu sustento viajando pelas estradas deste país.
Nas cidades vemos o desrespeito de quem deveria dirigir com muito cuidado, pois, transporta crianças, são os veículos escolares, que invadem as pistas preferenciais como se a sinalização fosse transparente, que transitam em velocidade bem acima da permitida.
Em escala bem maior acontece com a mesma frequência com os condutores de vans de transporte urbano, estacionam em qualquer lugar, sem sinalizar o que irão fazer, saem sem nem mesmo lembrar que existe o sinal luminoso denominado seta, que auxilia informando o motorista que vem atrás para não ser pego desprevenido.
Mais irresponsável é aquele condutor que ingere bebida alcoólica ao volante e depois joga pela janela as latinhas vazias, sem nem mesmo se preocupar com o veículo que o segue. E se alguém reclamar corre o risco de ser atacado por ele e pelos demais que estão com ele e tão alcoolizados quanto o motorista.
Com frequência vemos motociclistas não fazendo uso do capacete, que protege sua cabeça se houver uma queda, evitando até mesmo que perca a vida, mas além de não usar muitas vezes transporta sua esposa e criança pequena com o mesmo desleixo, nas vias urbanas assim como nas estradas também...
As mortes e os acidentes com graves sequelas causados por imperícia e desrespeito no trânsito aumentam, mesmo com as penalidades cada vez mais severas que são impostas aos condutores infratores, 
E assim temos perdido familiares, amigos e conhecidos nas estradas e vias urbanas de nosso país, onde as leis não foram feitas para serem respeitadas e sim para pegarem ou não...
BANNER APS DESKTOP
ALLIANCE
Espaço da Gula
Espaço da Gula2
PMMC - TRATA BRASIL

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias