Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 12 de novembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/11/2019
CENTRO ONCOLÓGICO
PMMC SEGURANÇA
PMMC NOVEMBRO AZUL
COLEGIO CETES 15/10 A 15/01/20
CENTERPLEX 07/11 A 13/11
COLUNA

Lorena Burger

Advogada

Novamente as queimadas

19 SET 2017 - 06h00
A roupa branquinha está lá estendida no varal. Foi lavada com capricho e carinho e com o vento e o calor logo vai estar seca... Pelo menos é assim que pensa quem teve todo esse trabalho...
Entretanto, não é assim que funciona nesta época do ano, seca por natureza, sem chuvas, com o ar pesado e difícil até para respirar...
Se olharmos para o céu com atenção veremos minúsculos pedaços de folhas queimadas se espalhando por todos os lados e, então daremos mais atenção para o cheiro peculiar de mato sendo queimado. Quem estendeu sua roupa no varal corre para recolher se não quiser ficar com ela suja e mal cheirosa... Uma trabalheira danada...
Isso está acontecendo diariamente em muitos locais deste nosso país... As queimadas estão causando prejuízos em muitos estados, pois, atingem plantações e matas, sacrificando vidas de animais de pequeno e grande porte, destruindo nossa riqueza natural e muitas plantações que em breve iriam se transformar em alimento.
Nas estradas, a falta de responsabilidade de motoristas fumantes é causadora de acidentes com muita frequência... Não se preocupam com o estrago que um resto de cigarro aceso jogado fora do veículo pode causar... Terminam de fumar e jogam a "bituca" pela janela, afinal aquele pedacinho de papel aceso com resto de fumo, vai infestar o veículo com um cheiro insuportável... Melhor jogar longe.
Mas sequer percebe que o mato seco ladeia toda a estrada, a falta de chuva durante todo o inverno, transformou o mato verde em palha amarelada que incendeia facilmente e, basta uma pequena brasa, como a do resto do cigarro para acontecer um incêndio de grandes proporções.
Os bombeiros nesta época do ano trabalham triplicado. Inverno quente e seco faz as pessoas buscarem alívio para o calor nadando em lagoas e rios e se envolvendo em acidentes quase sempre fatais e, os incêndios que atingem várias regiões ao mesmo tempo os mantêm em plena atividade durante todo o período do plantão.
Recentemente um grande acidente numa via de bastante movimento foi causado pela falta de visibilidade causada pela neblina natural do amanhecer acrescido da fumaça do mato que queimava na beira da estrada... A neblina e a fumaça acabaram sendo responsáveis pela morte de várias pessoas além do transtorno da via que ficou interditada por um longo período para limpeza e manutenção. O transtorno que uma queimada causa é muito maior do que podemos imaginar... Além de sujar roupas nos varais, dificultar a respiração das pessoas, causar acidentes, acabar com nossas matas e com a plantação de muitas fazendas, ceifar vidas de animais indefesos, ainda polui a atmosfera de nosso planeta, já tão sobrecarregada com os gases eliminados dos veículos e das indústrias, maltratando a vida do nosso planeta e de todos nós que aqui vivemos.
A cada noticiário sobre o tempo, temos nossa atenção alertada para as catástrofes que estão ocorrendo em diferentes lugares, chuva em demasia, ventos fortes e destruidores, seca avassaladora, furacões que destroem tudo por onde passam...
Fico imaginando se um dia tomaremos consciência do mal que causamos ao nosso mundo...
Pmmc Refis 2019
PMMC NOVEMBRO AZUL
PMMC SEGURANÇA
Mirante dos Pássaros 14/10 a 15/11

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias