Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 30 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/11/2020
PMMC MULTI 2020 NOV
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Novembro
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC NOVEMBRO AZUL

Ex-jogador de vôlei de Suzano, Dante ganha homenagem em selo

04 OUT 2015 - 08h00

O jogador de vôlei Dante Amaral, que já atuou pela equipe de Suzano nos anos 2000 e 2001, recebeu como homenagem e reconhecimento por sua carreira como atleta brasileiro um selo personalizado nos Correios.

O lançamento ocorreu na última quarta-feira, quando completou 35 anos. A cerimônia ocorreu na Câmara de Itumbiara, em Goiás, onde Dante nasceu. “Estou completamente feliz por ter o meu próprio selo. Sem dúvida alguma, foi uma das mais lindas homenagens que já recebi em toda minha carreira. Muito obrigado!”, disse.

SELO

Uma fotografia do jogador de braços abertos em clima festivo estampa os selos comemorativos. A imagem foi tirada momentos após a consagração da seleção brasileira como tricampeã mundial de vôlei, no ano de 2010, na Itália. De acordo com informações dos Correios, são 3.360 selos em homenagem a Dante.

Nas redes sociais, o jogador postou uma imagem carregando um quadro com uma ampliação do selo e agradeceu pela homenagem.

“Queria agradecer por todas as mensagens recebidas de aniversário, e dizer que foi um dia importante para mim, pois virei um selo do Correios”, disse. “Orgulho da minha história e de tudo que venho construindo no esporte! Obrigado a todos os envolvidos nesse projeto!”, completou.

CARREIRA

O jogador, que começou a praticar voleibol aos 14 anos e que cinco anos mais tarde já representava a seleção brasileira, também atuou em Suzano nos anos 2000 e 2001, junto com o atleta Giba, quando o vôlei da cidade tinha grande prestígio nacional. Entre as décadas de 1990 e 2000, o time de Suzano se consagrou várias vezes campeão paulista e nacional.

Dante também jogou em outras equipes brasileiras e em países como Itália, Rússia e Grécia. Morador de Mogi das Cruzes, junto a sua esposa e um casal de filhos, ele defende agora o Panthers, do Japão, uma das equipes que competirão no Campeonato Mundial de Clubes, a ser realizado em Betim, Minas Gerais, entre os dias 15 e 20 deste mês.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias