Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/11/2017
mrv

Campanha do Agasalho

11 ABR 2015 - 08h00

Como todos os anos, a solidariedade entra “em campo” mais um vez com a implementação da Campanha do Agasalho 2015, do Fundo Social de Solidariedade de Suzano. A campanha filantrópica anual vai atender entidades assistenciais e pessoas carentes.

Em nível estadual, a campanha existe em vários municípios. Foi criada pelo então governador Ademar Pereira de Barros, no seu segundo mandato, em 1947, e a primeira presidente foi sua esposa Leonor Mendes de Barros.

Neste ano, Suzano espera arrecadar mais de 200 mil peças de roupas e quatro mil cobertores para beneficiar cerca de 23 mil famílias carentes. A ação teve início em 23 de março e será realizada até 12 de julho. Ao todo, 250 pontos de coleta serão distribuídos pelo município. Participarão da iniciativa atiradores do Tiro de Guerra (TG), equipes da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e das secretarias de Educação, Saúde e Agricultura.

Em todo o País, há uma grande necessidade de ser instituída a campanha. Só para se ter uma ideia, um total de 11.425.644 de pessoas - o equivalente a 6% da população do País - ou pouco mais de uma população inteira de Portugal ou mais de três vezes a do Uruguai vive, atualmente, no Brasil em aglomerados subnormais, nome técnico dado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para designar locais como favelas, invasões e comunidades com, no mínimo, 51 domicílios.

Neste ano, o Fundo Social de Solidariedade de Suzano espera alcançar o mesmo sucesso obtido nos anos anteriores e arrecadar todos os tipos de roupa.

Neste ano, ao mesmo tempo em que o Tiro de Guerra fizer a panfletagem da Campanha do Agasalho 2015 será feita a distribuição de panfletos contra a dengue. No total, 50 mil panfletos serão entregues para falar sobre as duas ações (25 mil panfletos de cada ação). A iniciativa tem por objetivo conscientizar a população sobre os riscos do Aedes aegypti e os cuidados necessários para manter o mosquito afastado das residências.

A campanha é importante porque tem expectativa de atender um grande número de pessoas carentes.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias