Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 22 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/11/2017
mrv

Oportunidade do Fies

04 JUL 2015 - 08h00

O Fundo de Financiamento Estudantil(Fies) é, sem dúvida, um importante programa do Ministério da Educação (MEC) destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas.

Abre uma boa oportunidade para quem deseja fazer uma faculdade. Podem recorrer ao financiamento os estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

Em 2010, o Fies passou a funcionar em um novo formato. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) passou a ser o Agente Operador do Programa e os juros caíram para 3,4% ao ano. Além disso, passou a ser permitido ao estudante solicitar o financiamento em qualquer período do ano.

As novas regras para o Fies foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU). As medidas valem para adesões feitas a partir do segundo semestre de 2015. A portaria oficializa mudanças anunciadas pelo Ministério da Educação, que estabelecem prioridade na oferta de vagas para as regiões Norte, Nordeste e Cento-Oeste – excluído o Distrito Federal – e em cursos das áreas de engenharia, saúde e formação de professores.

Terão prioridade os cursos com nota 4 e 5 nas avaliações do Ministério da Educação (MEC). A nota máxima é 5. A Secretaria de Educação Superior do ministério poderá definir critérios adicionais para a distribuição de vagas, caso julgue necessário.

Neste ano, o Fies nunca foi tão citado pela imprensa. Isso se deve a uma série de problemas que decorrem de duas portarias lançadas em dezembro, pelo Ministério da Educação (MEC) e que passaram a vigorar neste ano.

Antes, o aluno interessado em pleitear o financiamento poderia se cadastrar no Sistema Informatizado do Fies (SisFies) ao longo de todo o ano. Mas, com as novas normas, o estudante teve até 30 de abril para fazer o pedido. Segundo o ministério, 178 mil estudantes iniciaram o cadastro de financiamento no sistema para o primeiro semestre, mas não o conseguiram concluir até o final do prazo de inscrições. Muitos estudantes reclamaram de instabilidade no sistema, o que de fato ocorreu, devido ao grande volume de entradas no SisFies.

O programa é, sem dúvida, importante e apesar de alguns problemas que surgem no transcorrer do seu desenvolvimento ainda pode facilitar a vida do estudante.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias