Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 22 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/11/2017
mrv

Segurança no campo

13 MAR 2015 - 08h00

A agressão contra um casal de agricultores, de 63 e 76 anos, em Suzano, acende uma luz “amarela” em relação à segurança de quem vive no campo.

Com os assaltos e furtos, os proprietários de áreas rurais se viram como podem: instalam cercas elétricas, colocam cães em torno das áreas rurais e cobram mais ações da polícia.

No caso da agressão contra o casal de agricultores em Suzano, conforme o DS publicou na edição de ontem, a situação foi crítica. Uma das vítimas levou um tiro.

O casal estava no interior da propriedade quando três encapuzados invadiram a casa pelos fundos.

Armados, os bandidos ordenaram que as vítimas mostrassem os cômodos onde o dinheiro era guardado.

Durante a ação criminosa, o casal foi agredido constantemente com socos e, inclusive, golpes na cabeça com um pedaço de madeira.

Há vários projetos, no Estado de São Paulo e fora dele, que buscam reforçar a segurança no campo. A “Patrulha Rural” é um dos projetos importantes.

No Estado de Minas Gerais, por exemplo, com o reforço de mais viaturas, o projeto Patrulha Rural amplia sua área de atuação, levando mais segurança à população do campo.

O projeto está implantado em 200 municípios de Minas e as viaturas são distribuídas entre as equipes de acordo com um mapeamento que está em análise pela PM.

O projeto é importante porque busca a redução do número de ocorrências de crimes nas áreas rurais.

O projeto Patrulha Rural foi implantado em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais.

Nesse caso, é importante que seja estabelecida relação de confiança com os produtores e a polícia que será vital para o sucesso do projeto.

Em Suzano, projetos que garantam a segurança do produtor, em parceria com a polícia, pode ser uma alternativa importante.

É preciso evitar ocorrências de agressões como a que vimos nesta semana, em que um produtor levou um tiro.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias