Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 11 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2017
mrv

Dudu pega 180 dias de suspensão e desfalca o Palmeiras até novembro

19 MAI 2015 - 08h00

O atacante Dudu não conseguiu escapar ontem de uma dura punição pelo empurrão no árbitro Guilherme Ceretta de Lima na decisão do Campeonato Paulista. O jogador do Palmeiras foi condenado a cumprir 180 dias de suspensão mais uma partida (válida apenas no Paulistão) pelo ato e com isso está praticamente fora da temporada. A decisão cabe recurso, mas por enquanto, ele não poderá atuar.

Com a decisão, o jogador só pode voltar aos gramados na 36ª rodada do Campeonato Brasileiro contra o Cruzeiro, no Estádio Allianz Parque. Os advogados do Palmeiras tentaram desqualificar o argumento de agressão e transformá-lo em ato hostil, mas não obtiveram sucesso. Caso tivessem conseguido, Dudu seria punido apenas no Paulistão do ano que vem.

O Palmeiras tem três dias para pedir um efeito suspensivo e recorrer da decisão. Em tese, ele pode até estar em campo no fim de semana contra o Goiás. "O Dudu já sabia que isso podia acontecer e que a Federação se viu na necessidade de demonstrar força", disse o advogado do Palmeiras, André Sica.

Antes do julgamento, o advogado enviou aos membros do tribunal vídeos que também foram exibidos durante o julgamento onde aparecia a cena da confusão e também outras jogadas em que atletas apareciam agredindo a outros ou arbitragem, para tentar mostrar a diferença do que Dudu fez para uma agressão, de fato.

Sica também levou um exame biomecânico para mostrar que o movimento do atleta não foi para agredir. O jogador foi chamado para depor e pediu desculpas pelo ato. "Tenho que me arrepender porque deixe de ajudar meus companheiros e aconteceu tudo aquilo com o árbitro. Nunca fui de perder o controle daquela forma. Se eu encontrar o árbitro, vou pedir desculpa. O que fiz, não é para tudo isso”, disse.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias