Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quarta 22 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/11/2017
mrv

Figueirense volta ao Itaquerão um ano após estragar festa do Corinthians

27 JUN 2015 - 08h00

O péssimo rendimento ofensivo do time do Corinthians no Campeonato Brasileiro levou o técnico Tite a mudar o esquema para a partida de hoje contra o Figueirense, às 21 horas, no Estádio Itaquerão, em São Paulo, pela nona rodada. E a linha de frente será formada por Malcom, Luciano e Vagner Love.

O Corinthians tem o quarto pior ataque da competição. Em oito rodadas, marcou apenas seis vezes. O time só balançou as redes mais vezes do que Vasco, Joinville e Goiás. Por isso, o treinador decidiu reforçar o ataque. "Estamos passando por uma transição, por isso uma hora ou outra vamos acabar levando um gol. Estamos buscando a perfeição não só da defesa, mas da equipe inteira", disse Gil. O zagueiro jogará ao lado de Felipe, que recuperou a posição após a atuação ruim de Edu Dracena na derrota para o Santos.

O meio de campo também será diferente. A equipe jogará com apenas um volante e terá uma formação bastante ofensiva. Bruno Henrique será o único responsável por fazer a proteção à frente da zaga, enquanto que Jadson e Renato Augusto cuidarão da armação das jogadas de ataque.

Bruno Henrique retorna à equipe após se recuperar de lesão no tornozelo esquerdo sofrida contra o Joinville no último dia 6. O volante, no entanto, só será titular por causa dos desfalques: Ralf (suspenso), Cristian (machucado), Elias (com a seleção brasileira) e Petros (vendido para o Betis, da Espanha). Caso Bruno Henrique não suporte os 90 minutos, ele deve ser substituído pelo garoto Marciel, recém-promovido das categorias de base e que ainda não fez nenhum jogo pelo profissional.

O Corinthians encara a partida de hoje como uma decisão e por isso treinou ontem no Itaquerão - prática que Tite adota apenas em véspera de jogos decisivos. Para o treinador, é fundamental a equipe não perder de vista o bloco dos líderes. Com a derrota para o Santos, o clube alvinegro caiu para a sétima posição.

Reencontrar o Figueirense no Itaquerão também é especial para o Corinthians porque a última vez que as duas equipes se enfrentaram foi na inauguração do estádio, no dia 18 de maio de 2014. O time catarinense estragou a festa e venceu por 1 a 0.

O Figueirense não faz um bom começo de Brasileirão. A equipe ainda não conseguiu vencer fora de casa, soma apenas nove pontos e ocupa a 16ª colocação, a dois pontos da zona de rebaixamento.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias