Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv

São Paulo joga na Argentina para fugir da crise e ficar perto de vaga

01 ABR 2015 - 08h00

A partida contra o San Lorenzo, na Argentina, é uma encruzilhada para o São Paulo. Se vencer hoje, o clube praticamente elimina o rival e se aproxima bastante de uma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores. Se perder, vai cavar ainda mais fundo sua crise e entrar pressionado nas duas últimas rodadas da fase inicial do torneio sul-americano, com riscos de ficar fora na primeira fase. O técnico Muricy Ramalho pode até cair. Um empate empurra a definição para as próximas rodadas.

O jogo é decisivo para os dois lados. São Paulo e San Lorenzo fazem uma disputa direta pela segunda vaga nas oitavas de final do Grupo 2, liderado pelo Corinthians, que venceu todos os três jogos até agora. O São Paulo, com seis pontos e na segunda colocação, enfrenta terceiro colocado com três. "É o jogo mais importante do momento. Uma vitória nos coloca em uma condição excepcional e uma derrota nos deixa em uma situação difícil. É um mata-mata pela segunda vaga", definiu o goleiro Rogério Ceni.

Ao contrário do que havia acontecido na última segunda-feira, quando protestos da torcida no agitaram o CT da Barra Funda, com foguetórios e fumaça, o embarque foi tranquilo na manhã de ontem. Os poucos torcedores estavam mais interessados em tirar fotos.

Havia apreensão também quanto à chegada na Argentina, que vive uma greve geral no setor de transportes que paralisou o País. O São Paulo chegou a consultar a Conmebol sobre um eventual adiamento do jogo. Mas foi tudo tranquilo também na chegada ao território do rival. "istia até o risco de não embarcarmos. Espero que a gente possa ter em campo a tranquilidade que foi a viagem", disse o capitão da equipe, Rogério Ceni, em Buenos Aires.

MUDANÇAS

Será um desafio manter a tranquilidade, como quer o capitão. Muricy deverá fazer algumas mudanças na equipe do São Paulo por causa dos resultados ruins nos clássicos.

Paulo Henrique Ganso está na berlinda e deve perder o lugar para Boschilia. No meio, Thiago Mendes e Centurión também estão cotados para jogar. Nas laterais, Bruno e Carlinhos, reconhecidos pela força ofensiva apesar das fracas atuações, devem ser substituídos por Hudson e Reinaldo, capazes de oferecer menos espaços.

O atacante Luis Fabiano, com uma contratura muscular, nem viajou. O ataque titular deverá ter Alexandre Pato e Alan Kardec, que foi liberado para acompanhar o nascimento da filha, Maria, mas viajou à tarde.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias