Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Quinta 23 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/11/2017
mrv

Tite nega surpresa com caso Amarilla: ‘Nunca mais quero cruzar com ele’

24 JUN 2015 - 08h00

O técnico Tite afirmou ontem que não ficou surpreso com as gravações divulgadas no domingo pelo canal TV América, da Argentina, que mostram que o ex-presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA) Julio Grondona, morto em 2014, teria agido nos bastidores da Conmebol para indicar o árbitro paraguaio Carlos Amarilla para apitar a partida entre Corinthians e Boca Juniors, pelas oitavas de final da Libertadores de 2013. Naquele jogo, o time paulista teve dois gols anulados, dois pênaltis não marcados e foi eliminado da competição.

"Não é surpresa nenhuma. Por isso, não gostaria de, em nenhum momento da minha vida, cruzar com ele e os auxiliares. Não quero julgar, mas vou acompanhar para que todos os meios de lisura do futebol possam estar atentos e façam o devido julgamento", afirmou Tite após visita ao Hospital Santa Marcelina, em Itaquera, onde participou da entrega de kits com fraldas e enxovais para mães de recém-nascidos.

Grondona teria pedido para que Abel Gnecco, diretor da Escola de Árbitros da AFA e representante da entidade na Comissão de Arbitragem da Conmebol, pressionasse Carlos Alarcón, diretor do órgão, a escalar Amarilla para trabalhar naquele jogo.

"Aquele dia foi muito escuro. Não posso falar o que penso, porque senão vou ser processado. Não tenho condições de apresentar provas escritas, mas as minhas provas são meus olhos", disse o treinador.

Tite disse ainda que ano passado foi a Porto Alegre assistir ao jogo entre Grêmio e Newell's Old Boys, pela Libertadores, e somente quando já estava no estádio é que tomou conhecimento de que o árbitro da partida era Carlos Amarilla. "Falei para o Cléber (Xavier, auxiliar), que se soubesse antes eu nem iria ver o jogo. Tomara que eu não cruze com ele (Amarilla) nem no aeroporto".

BATENTE

O Corinthians iniciou ontem os treinos visando o jogo de sábado, contra o Figueirense, às 21 horas, no Itaquerão, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Derrotada pelo Santos no último sábado, na Vila Belmiro, a equipe corintiana ocupa hoje a sexta posição da competição, com 13 pontos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias