Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 20 de junho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/06/2019
PMMC AGASALHO
CENTERPLEX 13 A 19/06
PMMC JUNHO VERDE
PMMC UPA JUNDIAPEBA

3 mil veículos da região são leiloados pelo Detran

Arremates de carros removidos por infração às leis de trânsito são previsto em legislação, caso não retirados em até 60 dias

Por Marília Campos - Da Região28 OUT 2018 - 14h39
idades do Alto Tietê já somaram neste ano 3.055 veículos leiloadosFoto: Divulgação
As cidades do Alto Tietê já somaram neste ano 3.055 veículos leiloados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP). Suzano lidera a lista, representando 22,8% dos carros encaminhados ao remate. O pátio de Mogi das Cruzes, referente também às apreensões de Biritiba Mirim e Salesópolis, não realizou leilão em 2018, assim como o pátio de Guararema. Os arremates de carros removidos por infração às leis de trânsito são previsto em legislação, caso não retirados em até 60 dias. 
 
É importante destacar que, antes de ir a leilão, o dono do veículo é notificado e tem prazo para reaver o bem. A informação é divulgada por meio de edital publicado no Diário Oficial do Estado e no portal online do Detran-SP. "Passado o prazo legal e não havendo manifestação do responsável, o veículo é relacionado para leilão. O Detran.SP é responsável apenas por veículos removidos pela Polícia Militar, em perímetro urbano, por infrações que competem ao Estado fiscalizar, como racha, manobra perigosa, falta de licenciamento, veículo sem placa ou com a placa ilegível", explica o departamento estadual.
 
Já os veículos removidos por estacionamento irregular são de responsabilidade das prefeituras. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) se responsabilizam pelas remoções em estradas. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) e o Poder Judiciário também realizam apreensões, em casos de veículos envolvidos em crimes ou aqueles com pendências judiciais, respectivamente.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias