Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 13 de julho de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/07/2020
PMMC REALIZAÇOES JULHO
PMMC VACINAÇÃO

Comandante da Polícia Militar da região desiste de pré-candidatura

Coronel Wagner Tadeu Silva Prado, atualmente à frente do CPAM-12, tinha pretensões de entrar na política

Por Fernando Barreto - da Região15 FEV 2020 - 08h30
Comandante desiste da pré-candidatura e fica no CPAM-12Foto: Sabrina Silva/DS
O coronel Wagner Tadeu Silva Prado, comandante do Policiamento de Área Metropolitano 12 (CPAM-12), anunciou na tarde de ontem que desistiu da pré-candidatura à prefeito de Araraquara, sua cidade natal. No próximo dia 27, Prado completa dez meses à frente do CPAM-12. 
 
Havia a possibilidade de Prado deixar o comando nesse mês, pois estava previsto para ocorrer, no início de fevereiro, a promoção de cinco novos coronéis. Entretanto, nenhum veio para a região, o que manteve Prado no posto. 
 
Desde o ano passado Prado afirmava que poderia se lançar candidato a prefeito nas eleições municipais de 2020, em sua cidade natal, Araraquara, ou então ser remanejado de cargo.
 
“Com muita tristeza venho a público noticiar minha desistência à pré-candidatura ao pleito eleitoral de 2020 na cidade de Araraquara ao cargo de prefeito ou vice-prefeito”, informou em nota enviado pelo comandante.
 
Perguntado sobre o que deseja para o futuro, Prado afirma que “está muito bem no M-12 e trabalha muito feliz no Alto Tietê”.
 
“Desenvolvo o melhor trabalho possível. Dou o meu máximo para desenvolver e fazer um trabalho de excelência no Alto Tietê”, completou.
 
Balanço
 
Prado conversou com a reportagem e fez um balanço sobre sua gestão no CPAM-12.
 
O comandante citou a renovação de 40% da frota de viaturas na região.
 
“É claro que é mérito do comando da instituição, mas eu também era insistente na ajuda para renovar a frota de viaturas. Hoje temos uma frota muito melhor, que está com a manutenção centralizada em Mogi das Cruzes, porque assim conseguimos otimizar melhor os reparos e deixar mais viaturas disponíveis”, informou.
 
Outra lembrança citada por Prado são os recursos que vieram por repasses de órgãos públicos. O comandante cita o valor de R$ 30 mil que foi utilizado para comprar dois drones e outros acessórios.
 
“Conseguimos também outros R$ 25 mil para a compra de computadores e quase R$ 60 mil para a compra de cão de faro e computadores para Suzano”, disse e concluiu informando que “conseguiram reformar quase todos os batalhões, faltando poucos, mas esperamos que nesse ano as reformas sejam concluídas”.
 
“A maior reestruturação é no CPAM-12, que passa pela maior reestruturação, como melhorias nos alojamentos, para proporcionar as melhores condições para os profissionais que trabalham lá”, disse.
 
Prado também lembra da ampliação do programa “Vizinhança Solidária” e a criação do “Vizinhança Solidária Escolar”.
“Após o caso da Raul Brasil foi necessário criar um programa para reunir a comunidade escolar. Iniciamos o projeto piloto em escolas da região. E mais recentemente criamos o ‘Vizinhança Solidária Empresarial’, para que as empresas façam parte de questões de segurança”, disse.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias