Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 31 de março de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/03/2020
CENTRO ONCOLÓGICO
COVID
Secretaria de Estado da Saúde Campanha Coronavirus
CENTRO MÉDICO

Estações de trem do Alto Tietê são inclusas em contrato publicitário

Valor global do contrato é de R$ 405 milhões e chega através de contrato de espaços publicitários

Por da Região15 FEV 2020 - 09h30
Estação de Suzano será uma das contempladas pelo contrato publicitárioFoto: Regiane Bento/Divulgação
As doze estações de trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) na região serão contempladas em contrato publicitário no valor de R$ 405 milhões, firmado pela companhia e a empresa Eletromidia ontem.
 
A empresa venceu o pregão eletrônico realizado pela Bolsa Eletrônica de Compras em janeiro O valor global da concessão é de R$ 405 milhões em 10 anos, sendo que R$ 109,5 milhões correspondem ao valor de outorga inicial, que deverá ser pago à CPTM em até 15 dias após a assinatura do contrato. Já R$ 270,8 milhões se referem à Remuneração Mínima Garantida ao longo do contrato, além de um investimento mínimo de R$ 25 milhões na modernização da infraestrutura existente de mídia na Companhia.
 
É o maior contrato de exploração de mídia exterior realizado no país. A iniciativa da atual gestão tem como um dos principais objetivos aumentar a participação das receitas não tarifárias no faturamento da Companhia. O valor de outorga previsto era de R$ 15 milhões, alcançando um ágio de 630%. “A concessão marca o início da nova diretriz de aumento da participação da receita não tarifária e contribui para a sustentabilidade financeira da empresa e investimentos para melhorias dos serviços para os passageiros”, afirma o presidente Pedro Moro.
 
A receita proveniente dos espaços publicitários na CPTM em 2018 e 2019 foi de cerca de R$ 14 milhões por ano. Com o novo contrato, a Companhia garante uma receita mínima de R$ 28 milhões já em 2020, além da outorga inicial de R$ 109,5 milhões.
 
“A modernização na infraestrutura permitirá ainda um ganho na comunicação com o passageiro, que passará a contar com painéis de informações operacionais além de notícia e entretenimento em sua viagem”, explicou Eduardo Jorge Pereira, diretor de Planejamento e Novos Negócios da CPTM.
 
A Eletromidia é considerada hoje a maior empresa do segmento de mídia digital Out Of Home (OOH) – mídia exterior - do Brasil, após a aquisição recente de outra empresa do ramo. Fundada em 1993, a Eletromidia possui a mais completa plataforma de mídia urbana do out of home brasileiro e conecta semanalmente mais de 105 milhões de pessoas com as marcas. Presente nas ruas, shoppings centers e estabelecimentos comerciais, em 100% dos transportes sobre trilhos em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador e aeroporto.
 
Pelo contrato, a empresa terá exclusividade em todas as linhas e estações sobre uso de espaços de mídia nos bloqueios, painéis estáticos, escadas rolantes, passarelas, adesivação dentro e fora dos trens, monitores e painéis digitais, além de novos formatos que poderão ser propostos pelo concessionário.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias