Envie seu vídeo(11) 4745-6900
domingo 28 de novembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/11/2021
PMMC PPM
PMMC ECONOMIA DE ÁGUA
SOUSA ARAUJO - SIENA
PMMC PARQUE
CREA-SP TRANSFORMAÇÃO
Chuvas

Região corre risco de alagamentos nos próximos dias, alerta Defesa Civil

Previsão é que chova 540 milímetros no Alto Tietê

Por Lucas Lima - da Região16 OUT 2021 - 17h00
O bairro Parque Maria Helena, em Suzano, costuma ficar alagado nas chuvas intensasFoto: Isabela Oliveira\DS
A Defesa Civil do Estado emitiu alerta de chuvas intensas acompanhadas de rajadas de vento e granizo, nos próximos quatro dias, no Alto Tietê. Há risco de transtornos como alagamentos, destelhamentos e deslizamentos. 
 
Relatório feito pela Defesa Civil do Estado aponta que, no Alto Tietê, novas áreas de instabilidades voltaram a formar chuvas fortes desde sexta-feira (15) até terça-feira (19). A previsão é que chova 540 milímetros na região. Já o vento pode chegar de 5 até 19 quilômetros por hora. 
 
Por conta disso, as cidades da região se preparam para prevenir os transtornos.
 
Em Suzano, a Defesa Civil disse que está atenta e preparada para atender as ocorrências para as quais for chamada nos próximos dias. Os telefones são (11) 4748-5394 e 4745-2150. A Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos ainda esclareceu que os trabalhos de limpeza de valas de drenagem, de desobstrução de bueiros e de desassoreamento de rios e córregos são rotineiros e contínuos na cidade. “O objetivo é atuar de forma preventiva. Tanto que no último verão, não foram registradas grandes intercorrências envolvendo enchentes e deslizamentos”, informou por meio de nota.
 
Já em Mogi das Cruzes, a Defesa Civil Municipal afirmou que realiza o monitoramento contínuo das áreas consideradas com risco de deslizamentos, inundações ou enchentes, verificando a necessidade de intervenções específicas. O trabalho é intensificado em períodos de chuva.
 
Em Poá, a Defesa Civil disse que as principais ações realizadas, de acordo com o Plano Verão 2020/2021, também são monitoramento das áreas de risco, monitoramento do piscinão, atendimento à população e atuação do plano de contingência.
 
Itaquaquecetuba, por sua vez, informou que a Defesa Civil está a postos para iniciar o monitoramento das áreas mais vulneráveis. A população pode contatar o órgão pelo 199. 
 
Ferraz de Vasconcelos foi procurada, mas até o fechamento da reportagem não houve resposta.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias