Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 04 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/12/2020
ERICA ROMÃO
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro
Reisinger Ferreira
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro
GOLDSTAR

Após paralisação por conta da pandemia, Igreja Matriz volta a agendar casamentos

Segundo a administração da paróquia, duas cerimônias foram remarcadas para novembro e outras cinco estão agendadas para o próximo ano

Por Thiago Caetano - de Suzano31 OUT 2020 - 20h30
Igreja São Sebastião retoma da marcação dos casamentos que haviam sidos adiadosFoto: Regiane Bento/Divulgação
A Igreja São Sebastião, a Matriz de Suzano, aos poucos vai retomando com a marcação dos casamentos que haviam sidos adiados por conta da pandemia da Covid-19. Também foram estão sendo retomados os batizados e missas. Segundo a administração da paróquia, duas cerimônias foram remarcadas para novembro e outras cinco estão agendadas para o próximo ano.
 
O padre Cláudio Taciano diz que acreditava que o retorno das cerimônias seria o mais breve possível, o que não ocorreu. Na ocasião, todos os casamentos tiveram que ser adiados. "Foram todos adiados, não sabíamos do prazo do governo e ficamos renovando a todo momento. Aos poucos vamos retomando com as marcações dos casamentos, batizados e das missas (que já estão ocorrendo)", contou Taciano.
 
Com o retorno, foi necessário adotar algumas medidas para evitar o contágio, como o uso de máscaras, marcação nos bancos e o uso de álcool em gel. Durante a paralisação, todas as atividades foram feitas pela internet, para evitar aglomeração no local. 
 
Acostumado com o novo modo de ministrar as cerimônias, Cláudio afirma que precisou reaprender. "No meu caso eu tive que aprender novamente o estilo. Já houve missas transmitidas pela TV, mas uma coisa é alguém gravar, outra coisa é estar ali na igreja. Fomos aprendendo a utilizar a mídia e hoje faz parte do nosso cotidiano. Acostumei, sinto até falta", brincou. 
 
Em março, mês em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou a pandemia, a Igreja São Sebastião seguiu as orientações da Diocese de Mogi das Cruzes, e passou a realizar missas online. 
 
Além disso, 15 cerimônias de casamentos foram adiadas e outras 25 aguardavam o fim da pandemia para acontecerem (T.C.).

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias