Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 11 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2018
PMMC BAZAR SOLIDARIO 2018
MRV - ATÉ O SEU MADRUGA VAI SAIR DO ALUGUEL
PMMC DEZEMBRO - SALA DO EMPREENDEDOR
Eleições

Candidatos defendem apoio municipal para Saúde no Estado

Corujão da Saúde e expansão do Programa de Saúde da Família estão nos planos de governo dos candidatos

Por Marilia Campos - de Suzano13 OUT 2018 - 23h50
Candidatos defendem ajuda municipal na área da saúdeFoto: Sabrina Silva/DS
Os candidatos ao governo do Estado, Márcio França (PSB) e João Doria (PSDB), que concorrem novamente no segundo turno, apostam na parceria com municípios para melhorias no atendimento da saúde pública. Entre as propostas do tucano estão o apoio às cidades para procedimentos de média e alta complexidade e a orientação a novos programas da atenção básica, a exemplo do Corujão da Saúde e demais ações já desenvolvidas durante a gestão municipal em São Paulo. Já França quer expandir o Programa de Saúde da Família nos municípios, construir e reformar Unidades Básicas de Saúde (UBS's) e Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), além de regionalizar os serviços de atendimento à saúde da mulher. 
 
Um dos pilares de Doria é a inovação tecnológica. Na saúde, a diretriz se dá pela proposta de implementação da telemedicina e do cartão 'Minha Saúde' digital, a fim de se criar uma interface direta com o cidadão.
 
O programa de governo do ex-prefeito declara apoio aos hospitais geridos pelas Organizações Sociais de Saúde (OSS) e pelas Santas Casas conveniadas, que deverão trabalhar em rede. Caso eleito, o tucano também quer ações nos Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMES), a partir de novos serviços e do aprimoramento dos já existentes, tais como Dose Certa e Farmácias de Alto Custo, além de melhorias na Fundação para o Remédio Popular (Furp) e nos institutos Butantan, Pasteur, Adolfo Lutz, da Saúde e outros.
 
Márcio França defende também parceria com a União, a fim da ampliação de médicos "com pisos salariais condizentes e fixação de profissionais nos municípios distantes". O governador ainda aponta o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). O envelhecimento da população será um dos desafios previstos, com a prevenção de doenças crônicas, por meio do incentivo à alimentação saudável, saneamento ambiental e prática esportiva. O candidato dispõe de 28 ações no plano de governo, que abarca pontos como o tratamento e prevenção às DTS/Aids e hepatites, dependentes químicos, amamentação materna e combate à obesidade infantil. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias