Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quinta 25 de fevereiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2021
CENTRO MÉDICO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Com municípios em estado de alerta, região reforça pedido por novos leitos

Alto Tietê permanece na fase amarela, porém algumas cidades registram alta taxa de ocupação hospitalar

Por de Suzano15 JAN 2021 - 22h20
Hospital das Clínicas mantêm leitos para pacientes com a Covid-19Foto: Regiane Bento/DS
O Alto Tietê se mantém na fase amarela do Plano SP, mas três cidades da região estão em estado de alerta em razão da alta taxa de ocupação hospitalar, segundo atualização apresentada ontem pelo Governo do Estado. A direção do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) ressalta que a indicação de Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba e Mogi das Cruzes no grupo dos 43 municípios paulistas sob atenção reforça a necessidade imediata de mais leitos na região e faz um apelo ao governador João Doria pela ampliação de vagas nos hospitais públicos.
 
Recentemente, o Estado anunciou 29 leitos de UTI para o Alto Tietê, nas cidades de Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos e Mogi das Cruzes – nestas duas últimas já estão ativos e Ferraz aguarda implantação.
 
“O funcionamento desses leitos é essencial para atender melhor as necessidades das cidades que estão em estado de alerta e da região como um todo. Mas ainda precisamos de mais porque estamos numa curva ascendente de casos e precisamos garantir leitos para os moradores do Alto Tietê. Já enviamos vários ofícios ao Estado pedindo leitos e aguardamos uma agenda com a Secretaria da Saúde para discutir isso. Os municípios estão dispostos a ajudar e temos espaço para ampliação de leitos no Dr. Arnaldo e no HC”, ressalta o presidente do Condemat, prefeito Rodrigo Ashiuchi, ao fazer referência as unidades hospitalares instaladas em Mogi das Cruzes e Suzano.
 
Dados apurados pelo Condemat apontam que o Alto Tietê tem hoje 222 leitos de UTI ativos em 20 hospitais públicos (municipais e estaduais), com 79% de ocupação. 
 
Sete dessas unidades estão com taxas de ocupação acima de 90% - Municipal de Mogi das Cruzes, Pimentas, Padre Bento, HGG, JJM e Stella Maris, em Guarulhos, e o Santa Marcelina de Itaquaquecetuba, sendo que esses três últimos apresentam hoje 100% de ocupação.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias