Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 04 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/12/2020
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro
GOLDSTAR
Reisinger Ferreira
ERICA ROMÃO
GOLDSTAR

Estado esclarece sobre refeições de graça no Bom Prato

Justiça de São Paulo deferiu liminar que obriga o governo do Estado de São Paulo a retomar em até 72 horas a gratuidade

Por de Suzano26 OUT 2020 - 22h35
Bom Prato segue servindo refeição a preços baixosFoto: Regiane Bento/Divulgação
A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo informou ontem que está prestando os esclarecimentos necessários, quanto ao atendimento gratuito nos restaurantes Bom Prato, criado em caráter emergencial e temporário para garantir a segurança alimentar das pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social durante a pandemia do coronavírus.
 
Na semana passada, a Justiça de São Paulo deferiu liminar que obriga o governo do Estado de São Paulo a retomar em até 72 horas a gratuidade das refeições fornecidas pela rede de restaurantes Bom Prato a moradores de rua, cancelada no último dia 30 de setembro.
 
Os restaurantes Bom Prato oferecem café da manhã por R$ 0,50 e almoço e jantar por R$ 1 cada. 
 
Nos últimos seis meses, período mais crítico da pandemia da Covid-19, com restrições do trânsito de pessoas e o fechamento do comércio, as 59 unidades do Bom Prato ampliaram a oferta de refeições em 60%, passando a servir 3,2 milhões de refeições por mês, além de adaptar o serviço para retirada em embalagens descartáveis. Neste período, foram distribuídas mais de 18,9 milhões de refeições, entre café da manhã, almoço e jantar, sendo 480,2 mil gratuitas, a partir de outra iniciativa criada excepcionalmente pelo Governo de São Paulo para o atendimento à população em situação de rua. 
 
Com a flexibilização avançando de forma consciente no Plano São Paulo, a medida está sendo constantemente recalibrada, considerando a demanda das cidades e de cada unidade. O monitoramento da Secretaria de Desenvolvimento Social é constante e objetiva para evitar excedentes ou demanda reprimida em alguns restaurantes, dando uso eficiente aos recursos públicos. Os usuários estão sendo comunicados previamente em relação às readequações de funcionamento. 
 
Durante a pandemia, a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo distribuiu gratuitamente em 50 dias de operação 3.935 refeições gratuitas nas unidades do Bom Prato no Alto Tietê para as pessoas em vulnerabilidade e em situação de rua. 
 
Foram distribuídos 438 refeições gratuitas em Suzano; 118 em Ferraz de Vasconcelos; 720 em Itaquaquecetuba, e 2.659 em Mogi das Cruzes.
 
A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo informa que foi notificada da ação e está prestando os esclarecimentos necessários, quanto ao atendimento gratuito nos restaurantes Bom Prato, criado em caráter emergencial e temporário para garantir a segurança alimentar das pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social durante a pandemia do coronavírus. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias