Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 05 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Estado vai renovar contrato com 35 psicólogos das vítimas de atentado na Raul Brasil

Profissionais admitidos após massacre na escola denunciaram uma possível rescisão do contrato trabalhista

Por Carolina Rocha - de Suzano25 JUL 2020 - 05h00
Atendimento psicológico será mantido às vítimas de atentadoFoto: Jackeline Lima/Divulgação
A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo prometeu que vai renovar, por mais seis meses, o contrato dos 35 psicólogos admitidos para atuar no município após o massacre da escola Raul Brasil. A informação foi divulgada pelo secretário municipal de Saúde, Luis Cláudio Rocha Guillaumon.
 
Os psicólogos, que atuam através de um convênio entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Suzano, com os contratos intermediados pela Fundação Faculdade de Medicina (FFM), denunciaram ao DS uma possível rescisão do contrato de trabalho prevista para dia 31 de julho.
 
De acordo com um dos psicólogos contratados através desse convênio, os rumores de um possível desligamento começaram a surgir ainda no final de junho. Na época, o psicólogo conta que relatórios e dados administrativos, inclusive de desempenho foram solicitados “do dia para a noite”. A confirmação veio na última terça-feira (21).
 
“Em uma reunião, uma das nossas coordenadoras disse que recebeu uma ligação informando que ela deveria encaminhar a documentação necessária para o encerramento do convênio”, relata.
 
No final da tarde de sexta-feira (24), o psicólogo recebeu uma mensagem encaminhada por uma das coordenadoras, de que o convênio seria encerrado, e de que os profissionais deveriam se encaminhar ao Hospital Auxiliar de Suzano, no dia 31 às 8h30 para a rescisão contratual trabalhista.
 
Os psicólogos contratados por meio do convênio realizam atendimentos clínico em unidades municipais, como postos de saúde e Centros de Atenção Psicossocial (Caps).
 
Secretaria
 
Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que um novo convênio está em fase de formalização para continuidade da assistência psicológica em Suzano. Questionados pela reportagem, por telefone, sobre a demissão dos profissionais, a assessoria de imprensa disse que todas as informações levantadas até o momento são as que já foram divulgadas através da nota enviada.
 
Prefeitura
 
A Prefeitura de Suzano informou em um primeiro momento que não havia sido notificada sobre o fim do convênio com os psicólogos para atendimento à comunidade após o ataque à Escola Estadual Professor Raul Brasil. 
Mais tarde, a municipalidade informou que o secretário Guillaumon, recebeu a informação de que a Secretaria de Saúde deve prorrogar por mais 6 meses o convênio, e que as tratativas para oficializar a prorrogação devem ocorrer nos próximos dias. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias