Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 11 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2019
COLÉGIO PLENITUDE
Evatânia Psicopedagoga

Fiscais de Posturas, GCM e PM flagram ‘pancadão’ em chácara na Vila Barros

Autoridades tomaram conhecimento por meio de denúncias da comunidade local e pela divulgação via WhatsApp com detalhes sobre a festa irregular

Por de Suzano21 NOV 2019 - 16h59
No local, os mais de 20 agentes publicos verificaram que não se tratava de uma celebração de aniversário, como afirmavam os organizadoresFoto: Mauricio Sordilli/Secop Suzano

Equipes do Departamento de Fiscalização de Posturas da Prefeitura de Suzano, da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar realizaram uma operação especial contra um “pancadão” na estrada do Yamane, na Vila Barros, na madrugada desta quarta-feira (20). As autoridades tomaram conhecimento por meio de denúncias da comunidade local e pela divulgação via WhatsApp com detalhes sobre a festa irregular em uma chácara do bairro. 

No local, os mais de 20 agentes publicos verificaram que não se tratava de uma celebração de aniversário, como afirmavam os organizadores. Além da perturbação do sossego e do desrespeito à legislação sobre volume sonoro após as 22 horas, foram encontradas várias garrafas de bebida alcoólica e também identificados seis veículos – sendo quatro automóveis e duas motocicletas – com documentação irregular, que acabaram sendo apreendidos. 

Segundo os fiscais, o “pancadão” foi organizado de maneira a tentar despistar as autoridades. Além da divulgação somente por WhatsApp, o grupo responsável tinha “olheiros” situados nas proximidades para avisar sobre qualquer movimentação diferente, a fim de promover a debandada dos participantes. 

Os proprietários da chácara onde ocorreu o evento foram multados em 200 Unidades Fiscais do Município (UFMs), que chegam a R$ 694, por violações do Código de Posturas do Município (lei complementar nº 14/1993). 

“A partir do trabalho de inteligência e da ação contínua de nossos fiscais é possível garantir que a realização de tais eventos diminua em nossa cidade, garantindo a paz e a tranquilidade de quem vive nas imediações”, explicou o diretor de Fiscalização de Posturas da Prefeitura de Suzano, Edson Tavares.

Ele reforçou que denúncias podem ser encaminhadas ao setor, pelo telefone (11) 4745-2046, e também à Ouvidoria Geral do Município, por meio do número 0800-774-2007.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias