Envie seu vídeo(11) 4745-6900
sexta 03 de dezembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 03/12/2021
CREA- SP TRANSFORMAÇÃO DEZEMBRO 2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
CIA SUZANO
SOUSA ARAUJO - SIENA

Quatro escolas suspendem aulas por falta da equipe de limpeza, denuncia Apeoesp

Apeoesp denuncia que unidades não possuem estrutura para receber alunos. Estado promete solução

Por Matheus Cruz - de Suzano18 NOV 2021 - 05h00
Luiza Hidaka é, segundo o Estado, a única escola com problemaFoto: Regiane Bento/DS
Pelo menos quatro escolas da rede estadual de ensino de Suzano suspenderam as aulas presenciais nesta quarta-feira (17). Segundo denúncia apontada pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), os funcionários das equipes de limpeza estão com salários atrasados e por este motivo, não foram trabalhar.
 
Sem as equipes de limpeza, as aulas foram suspensas nas escolas estaduais Professora Luiza Hidaka, Batista Renzi, Antônio José Campos de Menezes e na Joviano Satler de Lima.
 
De acordo com a diretora estadual da Apeoesp e coordenadora da subsede de Suzano, Ana Lúcia Ferreira, o pagamento do salário do mês de outubro, novembro e o 13º não foi feito por parte das empresas terceirizadas, responsáveis pelo serviço de limpeza nas unidades.
 
Além da suspensão das aulas prejudicar os alunos, a representante também lembra dos riscos que a comunidade escolar corre em decorrência das condições sanitárias, sobretudo pelo novo coronavírus (Covid-19). Segundo ela, o secretário estadual de educação Rossieli Soares, erra ao permitir o retorno das aulas neste cenário.
 
"As empresas terceirizadas não pagaram os funcionários. Os funcionários não estão indo trabalhar, porque não tem como, sem receber. As escolas não podem ter aula porque não tem um funcionário para fazer a limpeza. Essa é a situação das escolas que, segundo o Rossieli, estão preparadas para receber os alunos na pandemia", afirma.
 
Aos alunos, uma das escolas chegou a enviar um comunicado por meio de grupos no WhatsApp. No aviso, a escola comunicou que "devido à falta de funcionários da limpeza, amanhã dia 17/11/21 não haverá aula". 
 
Ainda no comunicado, a escola adiantou que uma nova contratação de equipes de limpeza está prevista, com possível início de trabalho no dia 18/11/21".
 
O número de escolas com o mesmo problema pode ser ainda maior. Ainda segundo as denúncias recebidas pela Apeoesp, a Escola Professora Maria Elisa de Azevedo Cintra, localizada no Jardim Dona Benta está sem limpeza desde sexta-feira (12), mas a orientação da Diretoria de Ensino seria não dispensar os alunos.
 
Seduc-SP
 
Em nota, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) informou que as aulas foram suspensas apenas na escola Luiza Hidaka, onde as aulas serão retomadas hoje. Segundo a Seduc-SP, os contratos de limpeza são geridos pelos Dirigentes Regionais de Ensino, que estão em contato no dia a dia das escolas, e fiscalizados pelos próprios diretores das unidades. Os pagamentos feitos pela Seduc às empresas contratadas sempre são efetuados em dia com os valores acordados.
 
Em casos de interrupção ou falta de cumprimento dos serviços, a contratada é notificada imediatamente. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias