Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 19 de janeiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/01/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS  - OFTALMOLOGIA
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
GOLDSTAR
Cidades

Roubos no Alto Tietê caem 7,92% em relação a 2019

Roubos no Alto Tietê, até outubro deste ano, caiu apenas 7,92% em relação ao mesmo período do ano passado

Por de Suzano04 DEZ 2020 - 15h50
Roubos no Alto Tietê caem 7,92% em relação a 2019Foto: Arquivo/DS
O número de roubos no Alto Tietê, até outubro deste ano, caiu apenas 7,92% em relação ao mesmo período do ano passado. Nos atuais dez primeiros meses foram registrados 6.685 casos. Já em 2019 foram contabilizadas 7.260 ocorrências do crime. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo.
 
Dos 6.685 roubos computados neste ano na região, a cidade que lidera o maior número de casos é Itaquaquecetuba. O município notificou 2.275 roubos, o que representa uma queda de 9,58% em comparação ao mesmo período do ano anterior, quando foram registrados 2.516 roubos. 
 
Na sequência vem Suzano, com 1.353 ocorrências do crime. A cidade registrou um aumento de 35 casos em comparação ao mesmo período de 2019, quando foram contabilizados 1.318 roubos.
Ferraz fica na terceira posição, tendo registrado 1.202 casos. O número significa uma queda de 10,43% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foi computado 1.342 roubos.
Já na quarta colocação está Mogi das Cruzes, que contabilizou 820 roubos. O município mogiano teve uma queda de 132 casos. Até outubro de 2019 foram registrados 952 roubos.
 
Poá segue a lista com 749 ocorrências do crime. Arujá teve 209 casos.
 
Outras quatro cidades registraram menos de 100 roubos no ano. Santa Isabel computou 37 casos. Já Guararema notificou 24 roubos. Biritiba Mirim teve dez a menos, registrando 14 ocorrências do crime. Salesópolis fecha a lista tendo registrado apenas dois roubos.
 
Furtos
 
A região contabilizou, até outubro deste ano, 7.809 furtos. Líder no registro de casos aparece Mogi, com 2.169 casos. Em segundo lugar vem Itaquá, tendo computado 1.617 ocorrências do crime. Suzano segue a lista com 1.560 casos. Ferraz e Poá vem na sequência, tendo contabilizados 833 e 652 casos, respectivamente.
 
Arujá, na sexta posição, registrou 356 furtos. Santa Isabel teve 253 casos. Guararema e Biritiba Mirim quase empataram, com 157 e 129 furtos, respectivamente. Salesópolis fecha a lista com 83 ocorrências do crime.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias